Salvini manifesta apoio à indicação de Eduardo Bolsonaro para embaixada nos EUA

Salvini manifesta apoio à indicação de Eduardo Bolsonaro para embaixada nos EUA

Ministro do Interior da Itália publicou foto com deputado brasileiro no Twitter

Por
AE e Correio do Povo

Deputado e ministro apresentam atuação políticas com pautas convergentes


publicidade

O vice-primeiro-ministro e ministro do Interior da Itália, Matteo Salvini, manifestou, em sua conta no Twitter, apoio à indicação de Eduardo Bolsonaro (PSL-SP) para o cargo de embaixador do Brasil nos Estados Unidos. Na rede social, Salvini escreveu que fica "feliz que o amigo Eduardo Bolsonaro foi indicado como próximo embaixador brasileiro nos Estados Unidos. Da Itália, nosso abraço!". Eduardo respondeu em italiano, agradecendo "pela força, meu amigo!".


Intenção do presidente brasileiro, Jair Bolsonaro, de indicar o filho para cargo estratégico para diplomacia do Brasil gerou diversas reações internacionais e polêmica entre internautas sob acusação de nepotismo, que está sendo negado pelo presidente. Sobre as críticas a indicação do deputado, Bolsonaro destacou qualidades do filho e afirmou que "se (Eduardo Bolsonaro) está sendo criticado, é sinal de que é a pessoa adequada", em evento na Câmara dos Deputados.

Jair Bolsonaro aproveitou repercussão para publicar vídeo onde o presidente norte-americano, Donald Trump, elogia o trabalho de Eduardo, que foi um dos articuladores para encontro entre os presidentes na Casa Branca, em março deste ano. O ex-estrategista da campanha de Trump, Steve Bannon, também comemorou intenção de Bolsonaro de cotar filho para cargo, indicando como um movimento inteligente do Governo.

No Brasil, a proposta enfrenta resistência de diplomatas, autoridades da justiça, da oposição política, além da desconfiança de alguns integrantes da base do governo. Entretanto, os representantes dos ministérios já se manifestaram a favor da indicação. Sobre a especulação de desentendimento com o chanceler brasileiro, Ernesto Araújo, duardo afirmou que ministro indica apoio à sua nomeação para a embaixada.