Senador quer convocar para a CPI médica que deixou secretaria

Senador quer convocar para a CPI médica que deixou secretaria

Infectologista Luana Araújo chefiava a pasta de combate à Covid-19 no Ministério da Saúde há apenas dez dias quando deixou o cargo

R7

CPI da Covid investiga ações do governo federal durante a pandemia

publicidade

O senador Alessandro Vieira (Cidadania-SE) solicitou, neste domingo, que a infectologista e epidemiologista Luana Araújo seja convocada para depor na CPI da Covid.

A médica chefiava a recém-criada Secretaria de Enfrentamento à Covid-19 no Ministério da Saúde e deixou o cargo no sábado (22), dez dias depois de assumir o posto.

Veja Também

No documento assinado pelo senador, Alessandro Vieira convoca a epidemiologista para prestar depoimento na CPI "para que seja possível esclarecer as razões que a levaram a pedir exoneração do cargo de secretária de enfrentamento à Covid no Ministério da
Saúde após apenas uma semana de trabalho na Pasta".

Sobre sua saída precoce da função, Luana afirmou: “Saio desta experiência como entrei: pela porta da frente, com a consciência e coração tranquilos.”

Depois do anúncio da médica, a pasta informou que busca por outro nome com "perfil profissional semelhante: técnico e baseado em evidências científicas."


publicidade

publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895