Temer diz que Janot é "mentiroso contumaz e desmemoriado"
capa

Temer diz que Janot é "mentiroso contumaz e desmemoriado"

Rodrigo Janot afirmou que chegou a ir armado para uma sessão do STF com intenção de matar Gilmer Mendes

Por
AE

"Revelou-se um homicida-suicida", disse Michel Temer

publicidade

O ex-presidente Michel Temer disse, em nota, que o ex-procurador-geral da República Rodrigo Janot, "é mentiroso contumaz e desmemoriado" e revelou-se "um homicida-suicida".

"O ex-Procurador Janot, além de mentiroso contumaz e desmemoriado, revela-se um insano homicida-suicida. As ocasiões em que esteve comigo foram para detratar e desmoralizar os possíveis integrantes de lista tríplice para Procurador-Geral da República e para sugerir que nomeasse alguém fora da lista. Não merece consideração", escreveu Temer.

O antecessor de Raquel Dodge, que deixou a chefia da PGR recentemente, disse ao jornal O Estado de S. Paulo, nesta quinta-feira, que no momento mais tenso de sua passagem pelo cargo, chegou a ir armado para uma sessão do STF com a intenção de matar Gilmar Mendes a tiros. "Não ia ser ameaça não. Ia ser assassinato mesmo. Ia matar ele e depois me suicidar", afirmou Janot.