Termina cirurgia de Bolsonaro para retirada de bolsa de colostomia

Termina cirurgia de Bolsonaro para retirada de bolsa de colostomia

Presidente passou por um procedimento que durou mais de sete horas no hospital Albert Einstein

R7

Termina cirurgia de Bolsonaro para retirada de bolsa de colostomia

publicidade

A cirurgia do presidente Jair Bolsonaro para retirar a bolsa de colostomia terminou por volta das 15h30min desta segunda-feira, após mais de sete horas. O procedimento foi realizado no hospital Albert Einstein, em São Paulo. Bolsonaro foi internado no domingo, após a equipe médica realizar exames e uma avaliação clínica que confirmaram as boas condições para a realização do procedimento cirúrgico.

Os gastroenterologistas Antonio Luiz de Vasconcellos Macedo, Julio Gozani e Rodolfo Di Dario são os cirurgiões responsáveis pela cirurgia.

Enquanto o presidente se recupera da cirurgia, o vice-presidente Hamilton Mourão assume o exercício da Presidência por 48 horas. A expectativa é que, depois deste prazo, Bolsonaro despache do hospital e assuma novamente as funções.

O presidente foi esfaqueado em setembro do ano passado em Juiz de Fora (MG), tendo que passar por uma cirurgia de emergência na Santa Casa local. Transferido para São Paulo, Bolsonaro passou por uma segunda operação.

Inicialmente, a reversão da colostomia estava prevista para o dia 12 de dezembro, mas exames realizados no fim de novembro levaram a equipe médica a adiar a cirurgia para 2019. Os exames de novembro detectaram inflamação do peritônio e de aderência entre as alças intestinais. A cirurgia de reversão visa retirar a bolsa e reconectar o intestino do presidente.

Mais Lidas


Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895