Vereadora ajuda na mobilização para manutenção de escolas municipais em Porto Alegre

Vereadora ajuda na mobilização para manutenção de escolas municipais em Porto Alegre

Com o início do ano letivo previsto para próxima segunda, algumas instituições precisavam de serviços de corte e capina

Correio do Povo

Em algumas escolas, o acesso a alguns locais do pátio e até mesmo da entrada de pessoas estava impedido pelo mato e grama alta

publicidade

Há quase um ano de portas fechadas, escolas da rede municipal de Porto Alegre, que estão com o retorno às aulas previsto para dia 22 de fevereiro, próxima segunda-feira, não conseguiram realizar a manutenção dos serviços de corte e capina. Para ajudar na retomada do ano letivo, a vereadora Mariana Pimentel (Novo) fez uma mobilização e conseguiu locar ou pegar emprestado roçadeiras para o serviço de manutenção. Isso porque, em algumas escolas, o acesso a alguns locais do pátio e até mesmo da entrada de pessoas estava impedido pelo mato e grama alta. 

A mão de obra teve a participação de servidores da Secretaria de Serviços Urbanos e de voluntários, além do apoio da Secretaria de Educação. Nesta segunda-feira, foi a vez de duas escolas de educação infantil receberem os serviços: Valneri Antunes, no bairro Mário Quintana, e Florencia Vurlod Socias, na Restinga. 

“Nossa intenção é facilitar o retorno das crianças para que os pais e responsáveis possam seguir trabalhando e para que as nossas crianças tenham educação como perspectiva de futuro”, acrescentou a vereadora, que está no primeiro mandato.

Foto: Sâmila Monteiro / CP

Veja Também


publicidade

publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895