Votação de projeto de alteração na previdência e que reestrutura fundo pode ser adiada

Votação de projeto de alteração na previdência e que reestrutura fundo pode ser adiada

No momento, está em discussão uma emenda ao texto, que está na pauta de amanhã da Assembleia Legislativa

Mauren Xavier

Na reunião de líderes, foi aceita a mudança de ordem de votação

publicidade

A análise do projeto do governo do Estado que cria um benefício para migração de servidores no modelo de previdência e que institui um fundo poderá ser adiada na Assembleia Legislativa. Na reunião de líderes, na manhã desta terça-feira, foi aceita a mudança de ordem de votação. Assim, o projeto, que seria o primeiro a ser analisado, passou a ser o último na pauta da sessão de amanhã. Sem acordo, o texto pode ficar para a próxima semana. 

A estratégia é conseguir apoio para uma emenda com alterações ao texto, que deve ser apresentada na tarde de hoje às bancadas na Assembleia. O projeto, que está em regime de urgência, passa a trancar a pauta caso não seja votado. Com a mudança na ordem, não vai interferir na análise dos demais projetos amanhã. 

O texto é uma continuação da reforma da previdência estadual iniciada em dezembro do ano passado. A proposta incentiva a migração de servidores civis para o Regime de Previdência Complementar e prevê a reestruturação de fundos de previdência civil, o que tem gerado críticas por parte de entidades de servidores. 


publicidade

publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895