Certificação de granjas avícolas passa ao modo digital

Certificação de granjas avícolas passa ao modo digital

Ferramenta foi desenvolvida pela Universidade Federal de Santa Maria (UFSM), com subsídio do Fundo de Desenvolvimento e Defesa Sanitária Animal (Fundesa-RS)

Por
Correio do Povo

O software permitirá o acompanhamento de todo o processo em tempo real garantindo rastreabilidade e confiabilidade


publicidade

O módulo de Certificação de Granjas Avícolas da Plataforma de Defesa Sanitária Animal do Rio Grande do Sul começou a operar ontem no modo virtual. O objetivo é trazer celeridade aos profissionais da cadeia envolvidos na certificação, como laboratórios, estabelecimentos avícolas e serviço oficial na Secretaria da Agricultura e do Ministério da Agricultura. A Universidade Federal de Santa Maria (UFSM) desenvolveu a ferramenta, com aporte do Fundo de Desenvolvimento e Defesa Sanitária Animal (Fundesa-RS). A certificação sanitária é exigência para trânsito de aves e ovos férteis no país, além de ser ponto de partida para a exportação de material genético.