Último dia de Expodireto é marcado por negócios em Não-Me-Toque
capa

Último dia de Expodireto é marcado por negócios em Não-Me-Toque

Feira recebeu visitantes que decidiram fazer compras ao final do evento

Por
Chico Izidro

Feira recebeu visitantes que decidiram fazer compras ao final do evento


publicidade

A sexta-feira, último dia da 21ª Expodireto Cotrijal, foi de calor intenso em Não-Me-Toque, na região do Alto Jacuí do Rio Grande do Sul. Apesar da alta temperatura, a feira recebeu visitantes que decidiram fechar negócios ao final do evento.

O agricultor Eluir Ceus, de Pelotas, decidiu visitar o parque apenas no último dia. E estava gostando muito do ambiente. "Vim mais para olhar as novidades. Não dá para gastar", afirmou, mostrando as mãos calejadas de quem passou a vida lidando com as coisas do campo. Eluir foi enfático ainda ao falar da estiagem. "A seca está muito ruim, atrapalhou muito os negócios. Não só os meus, mas também os dos meus companheiros agricultores. Nos resta apenas esperar que as chuvas voltem", se mostrou otimista o agricultor de soja e hortaliças.

O último dia da Expodireto foi proveitoso para Darci e Fernando Fernandes, pai e filho, que trabalham com hotelaria e construção civil na cidade de Progresso, na região do Vale do Taquari, 168 km de distância de Porto Alegre. "Estou admirado, boquiaberto com isso aqui", destacou Fernando, em sua primeira visita na feira. "A gente veio atrás de máquinas na linha da construção civil e encontramos escavadeira e retroescavadeira. Agora estamos apenas esperando a aprovação da financeira", revelou.


Fernando ressaltou que, primeiramente, tentou adquirir o maquinário em Porto Alegre, mas os preços cobrados eram exorbitantes. "Então me indicaram a Expodireto. Chegamos hoje mesmo e já fizemos a compra. Agora vamos aproveitar o resto do dia para conhecer mais o parque, pois nunca havíamos vindo aqui", disse. Seu pai, Darci, contou ter ficado muito surpreso com a organização e a limpeza do parque. "Não se vê lixo nas ruas, nem bituca de cigarro. As pessoas estão conscientes", elogiou.