capa



Setor de máquinas projeta crescimento durante a 20ª Expodireto Cotrijal

Setor acredita que perspectiva de mudanças futuras nas taxas de juros e boa safra de grãos no Estado podem impulsionar vendas durante a 20ª Expodireto

Por
Correio do Povo

Empresas do segmento planejam lançar novidades durante a programação

publicidade

O bom andamento da safra de grãos faz com que o setor de máquinas agrícolas projete crescimento nas vendas durante a 20ª Expodireto Cotrijal. O aporte de R$ 470 milhões para o Moderfrota, anunciado recentemente, foi considerado abaixo do ideal. Mas um dos fatores que devem influenciar positivamente as vendas é a possibilidade de mudanças no próximo Plano Safra. Pedro Estevão Bastos, presidente da Câmara Setorial de Máquinas e Implementos Agrícolas (CSMIA) da Associação Brasileira da Indústria de Máquinas e Equipamentos (Abimaq), afirma que, como o governo tem dado sinais de que o juro pode aumentar no próximo ciclo, o cenário atual é favorável aos negócios. 

O diretor de vendas da Massey Ferguson, Eduardo Nunes, afirma que a expectativa é positiva para os negócios e destaca a possibilidade que a feira oferece de aproximação com os produtores de um dos principais celeiros do agronegócio do país. “Com a possibilidade de uma safra de grãos recorde, as expectativas para o setor de máquinas agrícolas são bem positivas, com crescimento esperado de 10,9%, de acordo com a Anfavea. A Massey Ferguson vai acompanhar esse movimento positivo”, avalia. A empresa vai levar a Não-Me-Toque o seu novo portfólio de tratores, com destaque para o MF 4700 e o MF 5700. 

Gerente de vendas da John Deere Brasil, Eduardo Martini observa que o mercado está aquecido e que a empresa chega a Não-Me-Toque com boas expectativas. Na avaliação dele, os produtores rurais do Sul do país têm demonstrado interesse crescente pela adoção de novas tecnologias na lavoura. Com relação aos recursos disponíveis pelo Moderfrota, o executivo acredita que o governo deu um bom indicativo ao realocar R$ 470 mil. “Não é suficiente, mas é um bom indicativo. Para o próximo Plano Safra, acreditamos que o governo continuará focado na agricultura e fará um plano de transição, uma ponte do atual modelo para um modelo mais liberal”, observa. 

Gustavo Taniguchi, diretor de marketing da New Holland Agriculture, fala em uma expectativa de crescimento entre 5% e 10% nas vendas. Com relação à oferta de recursos para o Moderfrota, o executivo diz que prefere “ver o copo meio cheio”. “Temos que trabalhar com o que tivermos à disposição. O que nos dá um alento é saber que o produtor está capitalizado e o momento é positivo”, observa. A grande novidade é a linha de tratores de menor potência. 

A LS Tractor leva a Não-Me-Toque novidades na linha de tratores Série H. O equipamento conta agora com a transmissão Power Shuttle, que permite ampliar o número de marchas para 24 à frente e 24 à ré. Segundo o gerente de marketing e produto da empresa, Astor Kilpp, a tecnologia traz mais agilidade operacional para o uso em plantadeiras, especialmente no sistema de plantio direto. A empresa projeta crescimento de até 25% em relação à Expodireto 2018.