Saiba como acompanhar a Expointer Digital pela internet

Saiba como acompanhar a Expointer Digital pela internet

Evento começa neste sábado e, pela primeira vez, não vai receber público no Parque Assis Brasil

Taís Teixeira

Saiba como acompanhar a Expointer Digital pela internet

publicidade

Quem gosta de passear pela Expointer para conhecer animais, máquinas e tecnologias que fazem parte da rotina do campo não vai ficar impossibilitado de acompanhar as atividades marcadas para o período de 26 de setembro a 4 de outubro no Parque de Exposições Assis Brasil, em Esteio. O subsecretário do Parque de Exposições Assis Brasil, José Arthur Martins, afirma que a transmissão on-line vai dar ao público a oportunidade de acompanhar toda a Expointer Digital 2020 por meio de cinco canais disponíveis na plataforma, que estará no ar a partir deste sábado. “Esse modelo virtual deve superar em acessos o número de 416 mil pessoas que compareceram à feira em 2019”, estima.

Além das tradicionais provas e julgamentos, a Expointer Digital tem uma grade intensa de programação com dois jornais diários, palestras, debates e premiações para o público acompanhar o evento virtualmente. A coordenadora geral dos canais de Web TV da Expointer Digital 2020, Greetchen Ihitz, conta que, até esta sexta-feira, os interessados podem entrar na landing page (página na internet criada para receber visitantes e gerar uma determinada conversão) da Expointer Digital e preencher um cadastro para receber notificações de todos os eventos por e-mail. “Fazer o cadastro não é uma condição para assistir à programação, é uma alternativa para receber notificações das atividades”, enfatiza. A coordenadora também reforça que a programação que será transmitida em cada um dos cinco canais estará na plataforma. “Assim o público pode escolher o que deseja acompanhar”, comenta.

A Associação Brasileira de Criadores de Cavalos Crioulos (ABCCC) vai disponibilizar suas provas em suas redes sociais e também na plataforma do Governo do Estado. O presidente da entidade, Francisco Fleck, informa que seis câmeras serão distribuídas na pista central do Cavalo Crioulo, que é a céu aberto, e na mangueira, espaço fechado. A entrada na área do Cavalo Crioulo é permitida apenas para pessoas cadastradas. Serão disponibilizadas quatro pulseiras diárias (por animal inscrito) para acesso às arquibancadas da pista principal e também para a pista de mangueira. “Uma arquibancada com capacidade para receber 15 mil pessoas deve ser ocupada por, no máximo, 300, e todas afastadas umas das outras, conforme protocolo sanitário”, ressalta Fleck.

Uma equipe formada por 100 pessoas vai operacionalizar a transmissão com uma estrutura formada por três unidades móveis, 20 câmeras distribuídas nos locais das atividades e três estúdios, instalados no prédio da Administração do Parque, na Casa da Embrapa e na Casa da Imprensa. Palestras e eventos acontecerão nos estúdios. “Serão no máximo quatro pessoas por estúdio”, destaca Greetchen Ihitz.

 


publicidade


publicidade


publicidade


publicidade


publicidade


publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895