"Não viemos trazer falsas esperanças", diz Tereza Cristina no Rio Grande Sul

"Não viemos trazer falsas esperanças", diz Tereza Cristina no Rio Grande Sul

Ministra da Agricultura está em Santo Ângelo, nas Missões, desde o início da manhã

Nereida Vergara

Tereza Cristina viu in loco degradação do milho em propriedade em Santo Ângelo

publicidade

Em manifestação feita na propriedade da Família Segatto, no distrito de Buriti, em Santo Ângelo, onde chegou hoje pela manhã para avaliar os efeitos da estiagem no Rio Grande do Sul, a ministra da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Tereza Cristina, afirmou que veio ao Estado "não para trazer falsas esperanças, mas para ver o que é possível fazer pelo produtor". Segundo ela, o Brasil é um país de proporções continentais, com problemas graves na agropecuária no momento, de características diferentes da seca, como é o caso das inundações na Bahia e em Minas Gerais. A visita, disse, é para examinar ações de socorro antes que a situação piore.

"Precisamos pensar em soluções estruturantes", refletiu a ministra, destacando que, especificamente em relação à estiagem, é preciso focar na distribuição de água, com a perfuração de poços e construção de açudes. A ministra foi recebida à 11h no auditório da Universidade Regional Integrada do Alto Uruguai (URI), onde se desenrolará a reunião entre ela, sua comitiva e representantes do setor agropecuário gaúcho.


Ministra no auditório da Universidade Regional Integrada do Alto Uruguai e Missões | Foto: Sérgio Feltraco / Fecoagro / Divulgação

 



Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895