Preço do quilo vivo do suíno pago ao produtor independente atinge a marca R$ 6,10

Preço do quilo vivo do suíno pago ao produtor independente atinge a marca R$ 6,10

Levantamento da Acsurs aponta aumento de 15% entre 27 de julho e 3 de agosto

Correio do Povo

O Rio Grande do Sul é o terceiro estado maior produtor de suínos do Brasil, superado apenas por Santa Catarina e Paraná, segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE)

O preço do quilo vivo do suíno pago ao produtor independente subiu de R$ 6,01 em 27 de julho para R$ 6,10 em 3 de agosto – cerca de 15% –, segundo levantamento da Associação de Criadores de Suínos do Rio Grande do Sul (Acsurs). Há um mês, a cotação estava em R$ 4,64 e há um ano em R$ 4,38. O preço ao produtor integrado à indústria também cresceu na semana, de R$ 4,42 para R$ 4,52, depois de estar em R$ 4,16 há um mês e R$ 3,79 há um ano


Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895