Safra de trigo no RS deve alcançar 2,23 milhões de toneladas em 2019, estima Emater
capa

Safra de trigo no RS deve alcançar 2,23 milhões de toneladas em 2019, estima Emater

Colheita vai chegando ao fim e se consolidando entre as cinco maiores da história em volume produzido

Por
Cíntia Marchi

Colheita vai chegando ao fim e se consolidando entre as cinco maiores da história em volume produzido

publicidade

A safra de trigo no Rio Grande do Sul alcançará 2,23 milhões de toneladas em 2019, consolidando-se entre as cinco maiores da história em volume produzido. A previsão é da Emater, que revisou as estimativas das culturas de inverno. O levantamento inicial, publicado em junho, previa uma produção de 1,62 milhão de toneladas. A área plantada, que estava estimada em 739,4 mil hectares, acabou fechando em 757,3 mil hectares. Até o momento, 91% das áreas foram colhidas, restando apenas 9% em maturação.

Para o diretor técnico da Emater, Alencar Rugeri, o desempenho da safra deve-se ao melhoramento genético, com a oferta de cultivares mais adaptadas às diferentes regiões, e a crescente adoção de tecnologias no manejo da cultura por parte dos agricultores. O clima também colaborou, apesar das perdas pontuais em função das chuvas em excesso na fase da colheita. Esta combinação de fatores resultou, neste ano, em uma produtividade de 2.955 quilos por hectare, bem acima da estimativa inicial, de 2.192 quilos por hectare.

Neste inverno, também se destacou a cultura da aveia branca, com a maior área já semeada no Estado. Em 299 mil hectares, foram produzidas 666,7 mil toneladas. Acredita-se que a expansão da área, que vem ocorrendo de forma mais intensa desde 2016, apresenta-se como alternativa para rotação de culturas no inverno, com menor risco de perdas por geadas e possibilidade de colheita antecipada em relação ao trigo.