Vitivinicultura superou crise de vasilhames

Vitivinicultura superou crise de vasilhames

Falta de garrafas de vidro atrasou o envase de 300 mil litros de bebidas

publicidade

A Vinícola Aurora já superou a falta de vasilhames de vidro que enfrentou em novembro, quando teve de atrasar o engarrafamento de 300 mil litros de bebidas, especialmente suco de uva. A informação é do diretor superintendente da cooperativa, Hermínio Ficagna, que reconhece que a indústria vitivinícola viveu uma situação atípica neste ano de pandemia, com o aumento do consumo de vinhos, que passou de 2 litros para 2,7 litros per capita. “Não tivemos como nos preparar para esta procura inimaginável, sofremos com a falta pontual de garrafas de vidro, mas normalizamos a sequência e agora temos estoque para finalizar o ano”, pontuou.

Ficagna afirmou que a Aurora, maior vinícola do Brasil, registrou crescimento de 38% no volume de vendas em outubro, na comparação com o mesmo mês do ano passado. Agora, segundo o diretor, a maior preocupação é com o cenário incerto de 2021 diante da evolução da pandemia da Covid-19 e seus reflexos sobre o consumo. 


publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895