A busca pelos fragmentos do meteoro que cruzou o céu do Rio Grande do Sul

A busca pelos fragmentos do meteoro que cruzou o céu do Rio Grande do Sul

Especialista aponta que fenômeno pode ter sido o de maior magnitude já registrado na história do Estado

Correio do Povo

Fenômeno ocorreu às 1h09min da madrugada da última quinta-feira

publicidade

A queda de um meteoro, na madrugada de quinta-feira, na região da Serra do Rio Grande do Sul causou surpresa não só em parte da população que assistiu ao fenômeno, mas também aos estudiosos do espaço. E, mais que isso, despertou a curiosidade da comunidade científica. 

A meta, agora, é encontrar possíveis fragmentos do meteoro, os meteoritos. O professor Carlos Fernando Jung, proprietário do Observatório Espacial Heller & Jung e diretor científico da região Sul da Rede Brasileira de Observação de Meteoros – e uma rede ampla de estudiosos – se debruça em cálculos para tentar encontrar esses fragmentos. Com este material em mãos outras perguntas serão resolvidas. 

De olho no espaço, i Direto ao Ponto desta sexta-feira conversou com o professor Jung sobre a incidência do fenômeno no RS e como se dará a corrida pelos meteoristos em solo gaúcho.

Ouça:

 

Mais Lidas


Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895