A estratégia de vacinação contra a Covid-19 adotada pelo Rio Grande do Sul

A estratégia de vacinação contra a Covid-19 adotada pelo Rio Grande do Sul

Direto ao Ponto conversou com Alcides Miranda, professor de Saúde Coletiva na Ufrgs

Correio do Povo

Direto ao Ponto conversou com Alcides Miranda, professor de Saúde Coletiva na Ufrgs

publicidade

Especialistas estimam que entre 70% e 90% da população deve ser vacinada para bloquear a propagação do vírus. No entanto, a realidade é que a demanda por vacinas contra a Covid-19 atualmente excede a oferta no Brasil e em vários países do mundo. O Rio Grande do Sul é o quinto estado que mais vacinou com a segunda dose, cerca de 2,59% da população. Considerando a primeira, o índice é maior de 9,23%, o sexto mais elevado do País.

Para o professor de Saúde Coletiva da Ufrgs, Alcides Miranda, o cenário é justificado pela agilidade de vacinação dos serviços gaúchos, que também inclui a logística dos lotes ao Interior do Estado. Em conversa ao Direto ao Ponto desta terça-feira, ele também citou outros aspectos positivos como a articulação do governo estadual para a compra independente das vacinas contra a Covid-19.

Ouça: 


publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895