A nova data do Enem e o trabalho do MEC durante a pandemia
capa

A nova data do Enem e o trabalho do MEC durante a pandemia

Anúncio foi feito pelo ministro interino do MEC, Antonio Paulo Vogel

Por
Correio do Povo

Secretário-executivo do Ministério da Educação (MEC), Antonio Paulo Vogel, em entrevista coletiva na sede do MEC, em Brasília.


publicidade

Em meio à crise generalizada causada pela pandemia de Covid-19, o Ministério da Educação confirmou uma nova data para o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) de 2020. Tradicionalmente, a prova é realizada no mês de novembro, mas a edição deste ano teve postergação aprovado pelo Senado Federal e pela Câmara dos deputados durante o mês de maio.

Conforme o ministro interino do MEC, Antonio Paulo Vogel, que assumiu o cargo desde a saída de Abraham Weintraub da pasta, o governo também não descartou um processo seletivo extraordinário do Sistema de Seleção Unificada no ano que vem. O Sisu reúne milhares de vagas de graduação em universidades públicas brasileiras. A seleção é feita online, por meio da nota do Enem. Além disso, pela primeira vez, o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) vai aplicar uma versão digital da prova, que também foi adiada para janeiro.

Professor do Instituto Federal do RS e doutor em educação pela Ufrgs, Gregório Durlo Grisa é o convidado deste episódio. A apresentação é de Eric Raupp. 

Ouça:

 

Músicas do episódio:

Creative Commons — Attribution 3.0 Unported — CC BY 3.0
Solace by Scott Buckley https://soundcloud.com/scottbuckley
Cali by Wataboi https://soundcloud.com/wataboi

Ouça este e outros episódios dos podcasts do Correio do Povo pelos principais serviços de reprodução de áudio. Basta fazer a procura por “Correio do Povo” ou pelo nome do programa. Se preferir, clique nas imagens abaixo: