Como operam as facções criminosas que atuam no RS

Como operam as facções criminosas que atuam no RS

Direto ao Ponto conversou com o editor de polícia do Correio do Povo, Paulo Roberto Tavares, e com o delegado da Polícia Civil Eibert Moreira Neto, diretor da Divisão de Homicídios de Porto Alegre

Correio do Povo

Maioria das ordens é enviada de dentro dos presídios

publicidade

O conflito envolvendo facções criminosas de Porto Alegre ganha ares de um cenário de guerra. Em menos de 30 dias, a disputa provocou atentados com 60 vítimas, sendo 24 óbitos e diversos feridos – a grande maiorias dos comandos parte de dentro dos presídios. Para entender como as facções atuam e a atual onde de violência no Estado, o Direto ao Ponto conversou com o editor de polícia do Correio do Povo, Paulo Roberto Tavares, e com o delegado da Polícia Civil Eibert Moreira Neto, diretor da Divisão de Homicídios de Porto Alegre.

Ouça:


Mais Lidas


Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895