O sumiço da professora Cláudia Hartleben em Pelotas
capa

O sumiço da professora Cláudia Hartleben em Pelotas

Docente da UFPel desapareceu em abril de 2015

Por
Correio do Povo

Cláudia era muito querida pela comunidade acadêmica

publicidade

O segundo episódio do Forense analisa o sumiço da professora Cláudia Pinho Hartleben, que completa 4 anos e sete meses. O podcast falou com a mãe da docente, Zilá Hartleben, com o promotor do caso, José Olavo Bueno dos Passos, e com o advogado de defesa dos acusados pelo Ministério Público, Felipe Mattiello. A investigação resultou em entrega de denúncia, rejeição pela Justiça e arquivamento do caso.

O promotor José Olavo Bueno dos Passos, no entanto, diz que a investigação pode ser reaberta a qualquer momento. A reportagem e apresentação é da jornalista Samantha Klein. A edição é de Pedro Bastos.

Ouça: