Saiba o que muda nas eleições deste ano

Saiba o que muda nas eleições deste ano

Alterações têm como objetivo obedecer as medidas de segurança e evitar a transmissão do novo coronavírus

Correio do Povo

Medidas de segurança sanitária foram propostas pela Justiça Eleitoral.

publicidade

A pandemia causada pelo novo coronavírus desencadeou mudanças nas eleições municipais de 2020. Neste ano, os eleitores que forem às urnas para escolher os próximos prefeitos, vice-prefeitos e vereadores vão encontrar algumas diferenças em relação aos anos anteriores.

Com o objetivo de evitar a transmissão do novo coronavírus e garantir a segurança de todos, algumas medidas foram propostas pela Justiça Eleitoral. Entre elas está o adiamento do primeiro turno para 15 de novembro e, do segundo turno, onde houver, para 29 de novembro. Os horários de votação também mudaram, aumentando em uma hora: das 7h às 17h, com as três primeiras horas preferenciais aos eleitores com mais de 60 anos.

Além disso, será possível justificar a ausência pelo aplicativo do e-Título , que, além disso, também poderá ser usado na hora da votação, substituindo o documento de papel. Ainda tentando evitar as aglomerações, o TSE recomendou aos candidatos que evitem os eventos e as campanhas de rua.

Esses são alguns dos 20 tópicos abordados nesta edição especial de Eleições do podcast Matriz, que contou com a participação dos jornalistas Mauren Xavier e Henrique Massaro, da editoria de Política do Correio do Povo.

Ouça:


Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895