Cão é salvo por guarda-vidas após cair no rio Tramandaí, em Imbé
capa

Cão é salvo por guarda-vidas após cair no rio Tramandaí, em Imbé

Animal com apenas três patas se assustou e caiu na água, mas foi resgatado a tempo

Por
Correio do Povo

Gil Pereira saltou na água com prancha de surfe e salvou o peludo

publicidade

Um cão sem raça definida, com apenas três patas, ganhou vida nova às vésperas de 2020, em Imbé, no Litoral Norte. Depois de se assustar, o animal acabou correndo e caindo dentro das águas do rio Tramandaí, nas pedras da Barra. A sorte dele foi ter por perto o guarda-vidas Gil Pereira, de 44 anos. Aficionado por animais, dono de três cachorros e uma gata, ele trabalha na guarita 135, em Imbé.

Pereira estava na guarita 137, que fica de frente para a Barra. Observando o canal, junto com seu colega Ricardo Beskow, eles viram o animal na água. O resgate foi rápido e o cão voltou à terra firme. “Ele já estava triste, quase se entregando. Mas deu tempo e consegui pegá-lo. Na minha cabeça só fiquei pensando em falar para ele: pode ficar tranquilo. Sou guarda-vidas e estou aqui para te ajudar."

O guarda-vidas pegou apenas a longboard, uma prancha de surfe grande, e se jogou rapidamente na água. “Quando pulei, uma pessoa falou que era um cachorrinho de três patas. E aí me lembrei de um que passava na frente da casa dos meus pais, no balneário Nova Nordeste, e era ele mesmo. O flagrante do resgate ficou registrado nas redes sociais, nas imagens do colega Beskow, comovendo internautas e quem viu pessoalmente a ação.

“Na verdade, no trabalho de guarda-vidas, na minha cabeça, toda vida importa. Inclusive a deles (cães)”, afirma. Pereira é guarda-vidas civil e já está na função pela segunda temporada. Morador de Imbé, ele levou o cão para sua casa. “Não pretendo ficar com ele. O plano é conseguir achar os donos ou tutores”.