Filho leva a mãe de 75 anos para conhecer o mar pela primeira vez em Capão da Canoa
capa

Filho leva a mãe de 75 anos para conhecer o mar pela primeira vez em Capão da Canoa

Marilda Silva estava acompanhada da família, que é de Panambi

Por
Christian Bueller

Marilda Silva, de 75 anos, conheceu o mar pela primeira vez

publicidade

Apesar de não estarem tão limpas quanto na sexta-feira, as águas salgadas do litoral molharam muita gente, como os pés de Marilda Silva que, aos 75 anos, apreciava o mar pela primeira vez, em Capão da Canoa. Mesmo morando em Porto Alegre, perto de cidades litorâneas, não encontrou uma oportunidade de se banhar como gostaria. "Está bem bom, vou ficar até o meio-dia", disse. Ela foi levada pelo filho Altair.

Marilda se equilibrava em uma bengala, enquanto sentia o gelado do mar entre os dedos dos pés. “Ela morou muito tempo sozinha. Resolvemos dar uma melhor qualidade de vida a ela", contou o filho. A família, de Panambi, volta para casa nesta terça-feira, véspera do Natal.

A metros dali, outra estreia. Veterano de praias, o vendedor ambulante paraibano Lázaro Eduardo cruza a orla de Capão da Canoa pela primeira vez nesta temporada. No carrinho que puxa, carrega chapéus, viseiras e bonés. "Não estou vendendo muito. Esperava lucrar cerca de R$ 100 por dia, mas o pessoal não está comprando", lamenta, vestindo uma camiseta verde fluorescente. O Natal vai ser longe da família, que ficou no Nordeste, mas nada incomum na sua realidade. "Minha família serão meus amigos e colegas", diz, resignado.