Incêndio atinge área de vegetação em Quintão por mais de 24 horas
capa

Incêndio atinge área de vegetação em Quintão por mais de 24 horas

Equipes do Corpo de Bombeiros de duas cidades foram acionadas para combater as chamas

Por
Chico Izidro

Incêndio atinge área de vegetação entre Quintão e Magistério


publicidade

Desde o final da tarde de sexta-feira, por volta das 17h, um incêndio atinge uma área de vegetação próxima à Lagoa da Cerquinha, em Quintão, quase no limite com Magistério, no Litoral Norte. Equipes de bombeiros de Cidreira e Tramandaí estão combatendo as chamas – eles passaram toda a madrugada de sábado trabalhando – e a fumaça pode ser observada a uma grande distância.

O local fica próximo a residências, mas medidas de segurança foram tomadas para que elas não sejam atingidas pelo fogo. Não há feridos.

O capitão Acunha, do Corpo de Bombeiros de Tramandaí, explicou que não há como saber se o incêndio é criminoso ou não. Na sexta-feira existiam dois focos, mas um deles, em Magistério, já foi debelado. “Não temos ideia de como o incêndio começou, mas por ter havido dois focos, é uma grande possibilidade”, analisou o oficial.

De acordo com ele, o fogo se propagou por causa da vegetação local, mata de pinos, onde começou o incêndio, chegando aos juncos. “O vento foi um grande culpado e atingiu esta vegetação, muito seca”, disse. Os combatentes estão utilizando duas retroescavadeiras e ainda tem duas equipes trabalhando manualmente. “As casas próximas estão sendo cuidadas para que não sejam atingidas”, afirmou o capitão, mostrando um caminhão-tanque com uma mangueira pronta para ser utilizada em caso de risco. “Bem que poderia vir uma chuva forte, para nos ajudar a acabar com isso”, pediu.


Um dos moradores locais, Carlos Augusto Santos Machado, tem sua residência bem em frente aonde o incêndio está mais forte. “O incêndio começou à tarde, por volta das cinco horas. E quase chegou aqui na minha casa, mas eu peguei uns galhos e fui apagando o fogo. Felizmente deu certo”, contou. Machado acredita que o incêndio seja criminoso: “Eu não tenho como provar, mas vi um homem passar correndo por aqui e logo depois apareceu o fogo. E ele foi em direção a Magistério, e daí surgiu um incêndio lá também. Creio que foi intencional”.