Mesmo sem sol e com vento forte, veranistas aproveitam a beira da praia no litoral

Mesmo sem sol e com vento forte, veranistas aproveitam a beira da praia no litoral

Muitas famílias têm respeitado o distanciamento, mas, algumas, sem utilizar máscaras

Chico Izidro

Muitas pessoas decidiram aproveitar e ir à praia, apesar de nublado e com vento forte

publicidade

A quinta-feira foi mais um dia da semana onde o sol não apareceu no litoral Norte do Rio Grande do Sul. Em Capão da Canoa, mesmo assim, muitas pessoas decidiram aproveitar e ir à praia, apesar de nublado e com vento forte.

A temperatura chegou aos 24 graus. Na faixa de areia, as famílias seguiram mantendo o distanciamento social determinado pelas autoridades, mesmo com algumas delas abrindo mão de utilizarem a máscara.

Porém, este não foi o caso da aposentada Rita de Luca, de Porto Alegre. Ela chegou ao balneário na quarta-feira e pretende ficar no litoral até o final de fevereiro. Nesta quinta-feira, caminhava pela areia, sendo uma das poucas pessoas de máscara no local.

“A pandemia não acabou. As pessoas estão agindo como o problema já estivesse terminado. Eu não vou facilitar”, disse ela. “O correto é usar máscara. Sempre”, ressaltou.

A porto-alegrense disse ainda que, apesar da falta de sol, estava adorando o dia. “Em Porto Alegre estava um forno, insuportável. A gente não tinha nem vontade de se mexer. Aqui já saí para caminhar e me exercitar”, completou.


publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895