Nem trio elétrico em Tramandaí: festas da virada canceladas no litoral

Nem trio elétrico em Tramandaí: festas da virada canceladas no litoral

Moradores e veranistas pediram cancelamento

Christian Bueller

Em Tramandaí, após discussões nas redes sociais, trio elétrico foi cancelado

publicidade

A pedidos da população e de visitantes em Tramandaí, o trio elétrico programado para circular pelas ruas na virada de ano também foi cancelado. A Secretaria de Turismo havia planejado a alternativa mais segura para substituir a Festa da Virada, que não irá ocorrer, seguindo as normas de prevenção à Covid-19. Visando respeitar o distanciamento social, o caminhão com a banda passaria em frente às casas. No entanto, o secretário municipal de Turismo, Rojoel Amaral, explicou que houve muitas discussões nas redes sociais sobre o tema. “Decidimos cancelar, mas faremos este evento em outro oportunidade com certeza, depois da pandemia”.

Em Imbé, atividades de Réveillon, tradicionalmente realizadas no Centro e na Zona Norte, também não acontecerão. A decisão de não promover eventos públicos que possam gerar aglomeração foi confirmada pelo prefeito Pierre Emerim. A queima de fogos de artifício, pelo quinto ano consecutivo, também não será financiada pelo poder público. “É um espetáculo lindo, admitimos isso, mas é inviável investir um recurso considerável num show pirotécnico silencioso. Tivemos e seguiremos tendo outras prioridades”, explica.

Em Capão da Canoas, a mesma situação. O município informou que vai aumentar a fiscalização do cumprimento dos decretos municipais em espaços privados e o governo do Estado já proibiu a realização de qualquer tipo de festa.


publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895