Operação Verão da CCR ViaSul, PRF e ANTT inicia nesta sexta
capa

Operação Verão da CCR ViaSul, PRF e ANTT inicia nesta sexta

Operação conjunta ocorre até dia 2 de março

Por
Christian Bueller

Operação conjunta ocorre até dia 2 de março

publicidade

Numa ação conjunta entre a concessionária CCR ViaSul, Polícia Rodoviária Federal (PRF) e a Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT), começa, nesta sexta-feira, a Operação Verão 2019/2020, que segue até o dia 2 de março. Esta será a primeira temporada que a companhia assumirá integralmente a concessão no RS desde o início.

Uma das iniciativas direcionadas aos usuários da Freeway e BR 101 é a campanha “Na rodovia Zig Zag só atrapalha”, que tem como objetivo conscientizar os motoristas de que simples atitudes fazem a diferença para um trânsito mais seguro e com fluidez. Por meio de material informativo, serão disseminadas mensagens alertando que a troca constante de faixa e de velocidade não reduz o tempo de viagem e causa mais lentidão na rodovia, além de orientações para não reduzir a velocidade se o motivo for curiosidade, não trafegar pelo acostamento quando o mesmo não estiver liberado, entre outras.

Haverá reforço operacional nas praças de pedágio da Freeway – em Santo Antônio da Patrulha e Gravataí – e nos serviços de atendimento médico e mecânico, além de liberação do acostamento como faixa adicional de tráfego na ida e retorno das praias e a divulgação dos melhores horários para viajar. Conforme o Coordenador de Interação da CCR ViaSul, Cristiano Kowalski, será uma operação especial. “É o nosso primeiro verão completo e um desafio enorme garantir aos usuários que seus deslocamentos ao litoral sejam feitos com tranquilidade, agilidade e segurança, principalmente nas datas com maior concentração de veículos”.

O acostamento será utilizado como faixa adicional ao tráfego, quando necessário, tanto na ida quanto na volta das praias. Na ida, acontecerá do km 75, em Gravataí, ao km 26, em Santo Antônio da Patrulha. Já no retorno, o recurso será disponibilizado do km 1,5, em Osório, até o km 75, em Gravataí. Para saber se o acostamento está liberado, os motoristas devem ficar atentos à sinalização na rodovia, painéis com piscantes, placas indicativas dispostas ao longo do trecho e painéis de mensagem variável móveis (PMVs), avisando da liberação, somente para veículos leves. Ao trafegar no acostamento quando liberado, a velocidade máxima permitida será de 70 km/h. A concessionária fará, ainda a Operação Papa Fila, que consiste na cobrança antecipada da tarifa do pedágio para evitar congestionamentos.