Procura por locações para as festas de final de ano no litoral Norte surpreende imobiliárias

Procura por locações para as festas de final de ano no litoral Norte surpreende imobiliárias

Diária de uma casa simples em Capão da Canoa custa cerca de R$ 250

Sidney de Jesus

Procura por aluguéis para o período das festas de final de ano é grande no Litoral Norte

publicidade

O Litoral Norte é quase sempre o destino desejado para as pessoas que querem curtir as férias no verão.  A procura por imobiliárias para alugar imóveis é grande neste período. Muitas buscam aluguéis por temporada, mês, quinzena, semanas, dias, quase sempre perto do Natal, Ano Novo e Carnaval.

Em Capão da Canoa, cerca de 130 imobiliárias oferecem as mais diversas opções de locação de apartamentos e casas na alta temporada, nos meses de dezembro a março. Mesmo com o cenário de instabilidade da pandemia, a procura por locações na estação mais aguardada do ano é grande, segundo a proprietária da Imobiliária Nossa Praia, localizada no centro da cidade, Karen Mello, de 56 anos, que há 16 atua no mercado de aluguéis de imóveis em Capão, junto com a sócia Silvia Pescarollo, 66.

De acordo com Karen, já foram feitas mais de 100 reservas de aluguéis para as festas de final de ano. Ela destaca que o número surpreendeu e superou as expectativas da imobiliária devido à pandemia da Covid-19.

"Essas reservas foram muito significativas em razão do momento atípico e preocupante que estamos vivenciando. Também houve o cancelamento das tradicionais comemorações de Natal e Ano Novo, que geralmente causam aglomerações", lembrou a profissional, que afirmou que, no mesmo período do ano passado, a imobiliária fez cerca de 300 reservas.

Karen Mello informou que os valores de aluguel para temporada oscilam de acordo com o tamanho da casa e a localização. "Em média locamos apartamentos de dois dormitórios (mobiliado) por R$ 300 a diária. Também alugamos apartamentos e casas simples por R$ 250 a diária, além de pacotes de 15 dias, no valor R$ 4,5 mil e de 30 dias, num custo de R$ 9 mil", revelou, lembrando que o aluguel para toda a temporada gira em torno de R$ 20 mil.

Segundo ainda a proprietária da Imobiliária Nossa Praia, o processo de flexibilização das restrições impostas pela pandemia do novo coronavírus vai aumentar a busca de aluguéis no Litoral Norte.

"A procura por imóveis para alugar em Capão passa por um novo momento. Além da tradicional procura de locações na alta temporada, que diminuiu em relação ao ano passado, mas que segue crescente com a chegada das festas de fim de ano e o verão, vendemos 7 casas nos últimos dois meses. Essas vendas amenizaram um pouco eventuais prejuízos causados pela pandemia", afirmou.

Moradores de Porto Alegre, o casal Pedro Cesar de Oliveira, 50 anos, e Mari Luci Minckley de Oliveira, 35, alugou um apartamento de frente para o mar em Capão da Canoa, para passar as festas de final de ano.

"Estamos de férias e alugamos esse lindo apartamento por 15 dias. Todos os anos viemos para Capão neste período. Esse ano, infelizmente, não teremos fogos e comemorações na praia devido ao Covid-19, mas só o fato de estarmos respirando esse ar já está valendo", afirmou Mari Luci.

Para Pedro Cesar o conforto do apartamento e a vista para o mar tornam as férias especiais, mesmo em meio à pandemia. "Vamos aproveitar ao máximo respeitando todos os protocolos de prevenção ao coronavírus", enfatizou.

Veja Também


Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895