RS segue sob onda de calor, com máximas acima de 40ºC nesta terça-feira

RS segue sob onda de calor, com máximas acima de 40ºC nesta terça-feira

Chuva atinge alguns pontos, mas Noroeste e Norte seguem sob intensa temperatura

MetSul

Calorão segue no RS nesta terça

publicidade

O sol aparece com nuvens na maior parte do Rio Grande do Sul, nesta terça-feira, em mais um dia de muito calor em algumas regiões. Uma maior presença de nuvens reduz as marcas dos termômetros no Centro, Oeste e Sul do Estado, mas o Noroeste e o Norte gaúcho vão seguir com calor intenso.

Veja Também

O Noroeste deve ter uma tarde de máximas muito acima do normal e incomuns mesmo para região acostumada ao calor nesta época. Pancadas de chuva isolada atingem desde de manhã cidades do Oeste e do Sul, e da tarde para a noite setores localizados de outras regiões. Segue o risco de temporais isolados que podem ser fortes e com danos.

As mínimas rondam os 18ºC em São José dos Ausentes e os 22ºC em Santana do Livramento. As máximas, por sua vez, podem chegar 38ºC em Cruz Alta e 43ºC em Santa Rosa. Em Porto Alegre, os termômetros variam entre 23ºC e 33ºC. No Litoral Norte, as marcas se alternam entre 23ºC e 33ºC.

O Rio Grande do Sul teve nesta segunda-feira o sexto dia seguido em que as máximas superaram os 40ºC em onda de calor histórica, intensa, longa e de múltiplos recordes. O calor cedeu com nuvens e chuva em pontos do Oeste e do Sul que sofriam com 40ºC e muitos incêndios em vegetação. O Instituto Nacional de Meteorologia mediu 40,2ºC em Teutônia, 39,1ºC em São Luiz Gonzaga e 38,5ºC em Tupanciretã. Em Porto Alegre, que no domingo foi a 40,3ºC, uma das raras vezes em que a Capital teve oficialmente mais de 40ºC em 112 anos de dados, a máxima foi de 36,4ºC.

Chuva como poucas vezes vista inundou partes de Montevidéu, Uruguai, na manhã desta segunda. A água chegou a 1,5 metros de altura em algumas ruas e carros foram arrastados pela correnteza. Choveu até 150 mm em parte da capital uruguaia.



Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895