Sol forte predomina no Litoral Norte e atrai muitos veranistas às praias

Sol forte predomina no Litoral Norte e atrai muitos veranistas às praias

Mesmo com a classificação de bandeira preta, banhistas ocuparam a faixa de areia e aproveitaram o mar

Sidney de Jesus

Veranistas foram para praia em Tramandaí

publicidade

O sol forte e o dia quente predominaram neste domingo, 21, no Litoral Norte. Mesmo com a classificação de bandeira preta para os balneários da região no mapa preliminar, determinada pelo governo do Estado em razão do agravamento da situação da pandemia do coronavírus, muitos veranistas ocuparam a faixa de areia e aproveitaram para curtir o dia ensolarado e o mar calmo nas praias gaúchas. 

Em Tramandaí, o sol radiante atraiu muitos veranistas para a beira da praia. Alguns acordaram cedo para  aproveitar o tempo bom  e entrar no mar. Teve muita gente, ainda, que ensaiou um banho de sol. Outros preferiram praticar esportes e exercícios. A faixa de areia não estava lotada como de costume e a grande maioria dos banhistas respeitou o distanciamento social.

Em férias com a família no balneário, a analista de Sistema Alessandra Duarte Souza, de 42 anos, moradora de Canoas, aproveitou bastante a praia, mas se preocupou em cumprir com os protocolos de prevenção à Covid-19. “O dia está lindo, mas temos que curtir a praia com responsabilidade, mantendo o distanciamento e usando máscara. Essa doença não é brincadeira”, ressaltou.  

Na praia de Imbé, a beira-mar também não ficou cheia, mas muita a gente aproveitou o dia de sol para se divertir com a prática de esportes e, principalmente, tomar banho de mar. Na faixa de areia os veranistas mantiveram o distanciamento entre os guarda sóis e cadeiras, mas a maioria não fazia o uso de máscara. 

Em Capão da Canoa não foi diferente. O sol atraiu muitos veranistas para a orla, que não lotou. Os banhistas  aproveitaram o calor e a água limpa para se refrescarem. Muitas pessoas também fizeram corridas e caminhadas pela faixa de areia, outras optaram por passar o dia na beira da praia tomando uma bebida.  Alguns veranistas não mantiveram o distanciamento social.  

Veja Também

De acordo com o presidente da Associação dos Municípios do Litoral Norte (Amlinorte), Flori Werb, a entidade deverá recorrer da decisão da bandeira preta na região e solicitar ao governo do Estado que mantenha os critérios de cogestão. “Nossa região depende do verão para manutenção de famílias e empresas. Não vamos descuidar das medidas protetivas e de prevenção à Covid-19”, ressaltou. 


publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895