Dia Mundial de Conscientização sobre Autismo reúne famílias em Porto Alegre

Dentro da programação do Abril Azul, Porto Alegre celebrou neste domingo o Dia Mundial de Conscientização sobre o Autismo. O domingo de céu azul e calor fez com que famílias inteiras comparecessem no evento que chegou a oitava edição na capital. Realizado no Parque Farroupilha, o ponto alto da atividade foi por volta das 11h, quando aconteceu a caminhada organizada pela Associação Autismo e Vida. Os participantes coloriram a região de azul, cor da camiseta exigida pela organização, já que é a cor que caracteriza o movimento.

De acordo com a diretora executiva do instituto Autismo & Vida, que promove o evento, Marilene Symanski, cerca de duas mil pessoas se engajaram na programação. “Nós temos conseguido reunir muitas pessoas, a cada ano mais, nosso foco é a conscientização, divulgação e pertencimento. Ficamos muito felizes porque depois de muito trabalho vemos que o esforço deu certo”, destacou ela.

Marilene detalhou que muitas ações aconteceram ao longo da manhã, como a hora do conto, roda de conversa com três profissionais capacitados para tratar do tema e também um espaço para comercialização dos produtos do Autismo & Vida, como camisetas, adesivos, botons e livro. “Temos a venda de produtos porque é a nossa fonte de renda, através disso que conseguimos nos manter”, expressou a diretora, que salientou a presença dos grupos Companhia Lúdica e Folia do Coração, que alegraram os participantes da atividade. Brinquedos para os pequenos brincar, de forma gratuita, também foram disponibilizados.

“Nós precisamos chamar a atenção da sociedade, porque muitas vezes as pessoas convivem com outras e as consideram diferentes, estranhas, e não notam o autismo. Logo, passam de forma desapercebida. É necessário mostrar as diferenças e respeitá-las”, enalteceu Marilene. Neste ano a Associação dos Familiares e Amigos do Down (Afad) ocuparam um quiosque junto ao evento do autismo. “Eles são nossos parceiros, como não conseguiram realizar a programação deles, estiveram conosco.” No próximo dia 21 o grupo organiza o Pedal da Conscientização sobre o Autismo, das 8h30min às 13 horas, no Velódromo de Porto Alegre (avenida Ipiranga, 1 – Praia de Belas). O evento tem entrada gratuita. A inscrição é feita no local, por ordem de chegada.

A dona de casa Melissa de Oliveira, 28 anos, levou o filho Luis Felipe, 6, para a caminhada. Enquanto se divertia em um pula-pula, a mãe aproveitava para conversar com outras famílias que vivem a mesma situação. Ela contou que o autismo do pequeno foi descoberto a dois anos. “O Luisinho é um doce de criança, mas percebemos que ele começou a se isolar muito e ficar em um mundo paralelo. Resolvemos, então, procurar ajuda. Resolvi sair do meu trabalho para me dedicar inteiramente a ele”, afirmou. Melissa largou o trabalho de secretária para acompanhar o menino. “O estímulo é muito importante, como descobrimos cedo, conseguimos incluí-lo no nosso mundo, o que é fundamental. Ele é muito inteligente, adora brincar e passear de carro”, contou.

Quem passava pela Redenção e resolveu se juntar ao movimento foi a educadora física Cíntia Stein, 42 anos. Ela passeava por Porto Alegre, quando percebeu a aglomeração e as tendas montadas e resolveu se aproximar. “É muito importante esse tipo de evento para que todos, de alguma maneira, consigam entender que devemos respeitar cada pessoa, da maneira que ela é. Conheço pessoas que têm autismo na família e lidam naturalmente, justamente porque descobriram cedo”, salientou. Cíntia aproveitou e comprou camisetas e dois livros para presentear. “Sou de Guaíba e estou levando presentes para meus sobrinhos e minha irmã.”

Atualmente, a rede municipal de ensino de Porto Alegre atende 330 alunos com diagnóstico de autismo, dos quais, 196 são do ensino fundamental, um do médio, 28 na escola regular de educação infantil e 105 em escolas especiais. Os escolares do ensino regular têm apoio pedagógico de professores com especialização em educação especial por meio de Salas de Integração e Recurso (SIRs), espaço exclusivo para acolhimento do aluno de inclusão presente em todas as 56 escolas de ensino fundamental. O Dia Mundial de Conscientização sobre o Autismo é festejado no dia 2 de abril, data que foi criado pela Organização das Nações Unidas (ONU) em 2007.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: