Atividades leves e simples podem afastar o sedentarismo

Sedentarismo é o quarto maior fator de risco de mortalidade no mundo | Foto: Qimono / Pixabay / CP Memória

Basta meia hora praticando exercícios físicos em casa para ficar de bem com a saúde do corpo. Veja algumas dicas para deixar a preguiça de lado e esquecer as desculpas

Na hora de praticar exercícios físicos, as desculpas se multiplicam. Mas é melhor parar por aí. Segundo a Organização Mundial de Saúde, o sedentarismo é o quarto maior fator de risco de mortalidade no mundo. A boa notícia é que quem está em busca de maior qualidade de vida, pode encontrar a solução dentro de casa. Cadeiras da sala de jantar podem servir como aparelhos de agachamento e pacotes de arroz e feijão podem substituir os pesos na hora da ginástica.

Entre as reclamações mais comuns estão a falta de tempo, excesso de trabalho ou o pouco dinheiro no fim do mês para pagar uma aula. Mas, para sair do sedentarismo, basta separar meia hora por dia para se exercitar. Afastar a preguiça é o primeiro passo.

Não é apenas a falta de atividades esportivas que caracteriza o sedentarismo, mas também a ausência de atos simples na rotina, como optar por caminhadas como alternativa de deslocamento. O percurso de casa para o trabalho, ou para lugares próximos, pode ser feito de bicicleta, sempre que possível. O que não pode é ficar parado. O local de trabalho também pode ser aliado na hora de movimentar o corpo. Prefira subir as escadas em vez de esperar pelo elevador.

Estabelecer metas para caminhada também é um bom remédio contra o sedentarismo. Ir até a padaria a pé, ou a um mercadinho mais longe, talvez descer do ônibus um ponto antes do convencional e terminar o percurso andando. Não faltam opções. Para quem tem um quintal, a dica é usar o espaço para pular corda ou praticar o famoso polichinelo. Com pouco tempo e pouco recurso, é possível afastar o sedentarismo e deixar a saúde em dia.

* Fonte: R7

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: