Aleitamento Materno é tema de curso EAD

A Sociedade Brasileira de Pediatria (SBP), por meio de sua plataforma de Educação a Distância (EAD), acaba de lançar um novo curso sobre Aleitamento Materno. A iniciativa, realizada com apoio do laboratório Aché, tem como objetivo atualizar e aprofundar o conhecimento dos pediatras em relação ao tema e integra as ações desenvolvidas pela entidade em comemoração ao Agosto Dourado, mês dedicado à promoção da amamentação no Brasil.

De acordo com a presidente da SBP, dra. Luciana Rodrigues Silva, o engajamento dos pediatras é fundamental para fortalecer a prática da amamentação. “Com esse novo curso, a atual gestão da SBP proporciona aos especialistas uma excelente ferramenta de aprimoramento. Nosso intuito é estimular os pediatras a assumirem seu papel de protagonismo no incentivo e apoio à prática e, assim, ver cada vez mais crianças sendo amamentadas de forma exclusiva durante os seis primeiros meses de vida”, aponta.

Composto por uma série online de 24 videoaulas e carga horária total de 24 horas, o curso apresenta de maneira didática as evidências mais recentes sobre diferentes aspectos do aleitamento materno, chanceladas pelos Departamentos Científicos da SBP. O projeto conta com a coordenação da dra. Luciana Rodrigues Silva, em conjunto com o diretor de Ensino e Pesquisa, dr. Joel Lamounier, a presidente e o integrante do DC de Aleitamento Materno, dra. Elsa Giuliani e dr. Roberto Issler, respectivamente.

AULA INAUGURAL – Como forma de presentear os associados, a primeira aula do curso encontra-se disponível para acesso totalmente gratuito no site da Sociedade Brasileira de Pediatria. No vídeo, são abordados os temas “Porque a Amamentação é importante para a SBP”, ministrado pela dra. Luciana Rodrigues Silva, e “Panorama do Aleitamento no mundo e no Brasil”, conduzido pela dra. Elsa Giuliani. Além da primeira aula, também serão disponibilizadas gratuitamente as aulas nº 13 e 21, conforme a programação.

“As pesquisas científicas demonstram que nenhuma intervenção contra a morte de crianças com até cinco anos é tão eficaz quanto a amamentação. Além disso, o estímulo ao aleitamento materno traz múltiplos benefícios à criança e à mãe. Por isso, a SBP tem esse tema como prioridade absoluta e vem empreendendo de maneira contínua diferentes ações em prol da amamentação, como a realização do 1º Simpósio de Aleitamento Materno, a publicação de documentos científicos, além das atividades em alusão à Semana Mundial de Aleitamento Materno e ao Agosto Dourado”, destaca a dra. Luciana Silva.

PRÓXIMAS AULAS – As próximas aulas serão disponibilizadas àqueles que adquirirem o curso EAD sobre Aleitamento Materno através do site da editora Manole Educação. No total, 27 professores de diversos estados do Brasil compartilham suas experiências e as diretrizes mais atualizadas relacionadas ao assunto. Dentre os tópicos abordados, destacam-se temas como “Composição do leite humano”; “Lactação fisiológica e relactação: como e quando o obstetra pode ajudar”; “Políticas nacionais de apoio à amamentação”; “Amamentação em situações especiais”, “Amamentação no Século XXI e estratégias para seu incentivo”, entre outros.

Todas as aulas podem ser acessadas a partir de diferentes plataformas, como tablets, smartphones ou desktops, sem que ocorram distorções de áudio ou imagem. Além disso, as videoaulas também foram desenvolvidas com linguagem visual moderna e atividades lúdicas, para que o conteúdo seja melhor compreendido e absorvido.

“O conhecimento existe para ser compartilhado e trazer benefícios à sociedade. Visto que é um consenso a importância do aleitamento para o desenvolvimento da criança, decidimos presentear os pediatras e outros profissionais que trabalham com o tema, através da elaboração desse curso. Desse modo, esperamos contribuir de maneira efetiva para a constante promoção e apoio à amamentação, um dos compromissos fundamentais que norteiam a atual gestão da SBP”, conclui a dra. Luciana Silva.

Fonte: Sociedade Brasileira de Pediatria
Foto: SBP / Divulgação / CP

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: