Da união da Yoga com a Biodança surge a Bio Yoga
capa

Da união da Yoga com a Biodança surge a Bio Yoga

Criada pelo professor Talema, que há quatro décadas vem trabalhando com públicos diversos, a Bio Yoga poderá ser conferida nos canais digitais, enquanto as aulas presenciais estiverem suspensas. Essa prática potente traz os benefícios de ambas para aulas/encontros

Por
Correio do Povo


publicidade

Em tempos duros como os que estamos presenciando, é preciso se reinventar constantemente e apostar num conjunto de ações que possam melhorar nossas resistências, nos trazer autoconhecimento e ferramentas para, assim, enfrentarmos melhor as adversidades que estão por vir. Esse poderia ser um bom conceito para a novidade que o professor de Yoga e Biodança, Luiz Augusto Copstein Waldemar, o Talema, está implementando: a união dessas duas potências numa só, a Bio Yoga. Mas Talema, na verdade, vem trabalhando há quatro décadas nesses segmentos, em aulas de Yoga e Biodança, portanto nada mais orgânico que essa união, que promete ainda mais benefícios aos praticantes. 

A Bio Yoga inclui, além dos exercícios da Yoga e da Biodança, exercícios de outras disciplinas como Educação Física, Psicomotricidade, Danças Circulares, Massoterapia, Fisioterapia. Une os aspectos positivos de ambas e suprime os negativos que, na opinião de Talema são o solipsismo da Yoga (individualismo) e os aspectos orgiásticos da Biodança (coletivismo). A união dessas duas atividades que potencialmente trazem benefícios é muito transformadora. 

A milenar Yoga surgiu há aproximadamente cinco mil anos, na Índia. Hoje em dia existem mais de 150 linhas diferentes de Yoga pois ela foi se especializando e se ramificando. No início era pura meditação, na posição de lótus, um caminho para o autoconhecimento através da auto-observação estática. Com o passar do tempo, os praticantes foram criando novas posições (asanas), através da observação do mundo animal e vegetal. Como toda arte precisa ser exercitada, a yoga tem uma disciplina diária, a sadhana, que conduz os praticantes aos oito passos principais: Yama (ética), Niyama (cuidados pessoais), Asanas (posturas), Pranayamas (respiratórios), Pratyahara (relaxamento), Dharana (concentração), Dhyana (meditação) e Samadhy (iluminação), obtendo assim benefícios ao corpo e espírito. Na história da Educação Física, ela foi a primeira e de natureza psicofísica.  

A Biodança é um exercício de amor, um sistema de crescimento e desenvolvimento do potencial humano, baseado em vivências integrativas que utiliza a música, a dança e os exercícios de comunicação em grupo. Foi criada no final dos anos 60 pelo professor e poeta Rolando Toro, no Chile. Ele começou a investigar os efeitos terapêuticos da música e da dança em pacientes de hospitais psiquiátricos e, juntamente com outros professores, sistematizou estes conhecimentos. A prática reforça o lado positivo e saudável do ser, com ênfase na linha da afetividade, no amor e seus efeitos, comprovados cientificamente, melhoram a autoestima, o vínculo afetivo, a qualidade de vida e a saúde. 

As aulas/ encontros de Bio Yoga consistem em exercícios de alongamento, força, equilíbrio, flexibilidade, respiratórios, relaxamento/meditação, dança, coordenação corporal, fluidez, automassagem, jogos, escrita e pintura criativa. A prática de Bio Yoga realizada uma ou duas vezes por semana proporciona a curto e/ou médio prazo: aumento da autoestima,  bem estar, calma, criatividade, concentração, sociabilidade, flexibilidade, saúde, qualidade de vida e melhoras em questões como insônia, ansiedade, depressão, solidão, estresse, dores articulares, problemas de coluna. Esses retornos Talema obteve em uma pesquisa que realizou com mais de 200 alunos na faixa etária dos 50 aos 70 anos. 

‘As atuais pandemias de depressão, transtornos de ansiedade e de conduta, TDAH e a adição às drogas, entre outras, que atingem todas as classes sociais e faixas etárias, principalmente os jovens, podem ser prevenidas e tratadas de forma muito eficaz pela prática regular de exercícios físicos orientados por um profissional de educação física. Infelizmente a saúde pública no Brasil está um caos, agravada atualmente pela Covid 19. Com os interesses financeiros da indústria farmacêutica e o mercado voltado para a doença, as farmácias viraram ‘serviços essenciais’ e os hospitais tornaram-se os templos da saúde, quando na verdade são o contrário, e tem se manifestado incapazes de atender bem a maioria da população’, afirma Talema. “Políticas públicas voltadas para a promoção da saúde por meio do exercício físico resultariam na diminuição da maioria das doenças dessa civilização sedentária. Felizmente essa situação está começando a mudar: no último SISU o curso de Educação Física foi o mais procurado, confirmando sua importância crescente na área da saúde”, complementa o professor, que vem trabalhando há mais de quarenta anos e que, aos 70, está em plena capacidade e forma física.
 

Quem é Talema

Professor formado em Educação Física, pela Ufrgs (Universidade Federal do Rio Grande do Sul), em 1984 e pós-graduado em Psicomotricidade Relacional, pela UniLaSalle (Universidade La Salle), em 2000. Mas sua jornada começou em 1972, em Israel, quando morou em um kibutz, à beira do mar mediterrâneo. E dessa imersão, veio a sua formação na Yoga, com o Swami Vishnudevananda, grande divulgador da corrente Shivananda no Ocidente. Já no Brasil toda a sua formação esteve voltada para o estudo e aperfeiçoamento da Yoga e da Biodança, mas tem também formação em Neurolinguística e Terapia Familiar e de Casal.  Na década de 80 fez a formação em Biodança com seu criador Rolando Toro. Participou também da criação do Centro de Estudos de Yoga (CEI), em Porto Alegre. Foi professor de Educação Física da Secretaria de Educação do Estado do RS (SEC) em Viamão durante 15 anos. Na década de 90 introduziu a prática da Yoga e da Biodança no serviço público municipal (SME), e só no Ginásio Tesourinha foram mais de 25 anos em plena atividade. Ministrou cursos nos maiores congressos de Educação Física do RS, SC, PR e MS e formação para professores em mais de 100 cidades do RS. Foi professor universitário da Esef/IPA (Porto Alegre) e Facos (Osório), bem como, professor convidado dos cursos de pós- graduação das faculdades Facipal (PR) e Facisa/Celer (RS).  É autor de cinco livros (Biodança: O abraço pode mudar o mundo, Yoga: O caminho da paz interior, Vivências integrativas para o casal, Sobre os Judeus: Jesus também era judeu, Num Kibutz perto de Gaza) e artigos publicados em jornais e revistas especializadas. Recebeu o Troféu Movimento, como destaque no ano de 2012, outorgado pela Apef/RS- Associação dos Profissionais de Educação Física. Foi conselheiro do Cref 2/RS e presidente de sua Comissão de Ética. Atualmente é membro desta mesma comissão. Desenvolveu o conceito de Bio Yoga (Biodança + Yoga) através das aulas dadas aos seus inúmeros grupos de todas as faixas etárias.
 

A Bio Yoga poderá ser conferida nos seguintes canais digitais:
Facebook: Luiz Augusto Copstein Waldemar (Prof. Talema);
Youtube: Canal do Prof Talema;
Instagram: @prof.talema;
Linkedin: Prof. Talema (Luiz Augusto Copstein Waldemar)
 

·         Durante a pandemia as postagens são diárias sem horário fixo.
·         As aulas voltarão a ser presenciais após a pandemia nos seguintes locais:

MEME Estação Cultural: Rua Lopo Gonçalves, 176 - Cidade Baixa
Terças das 14h às 16h / quartas e sextas das 8h30 às 9h30
DOM- Desenvolvimento e Orientação Mental: Rua Dr Flores, 106/1208 - Centro Histórico
Quintas das 14h30 às 15h30min



Técnica foi criada pelo professor Talema, que há quatro décadas trabalha com públicos diversos |  Foto: Ricardo Rodrigues