capa

Médico gaúcho preside o maior evento de cirurgia plástica da América Latina

Mil profissionais são esperados no simpósio que apresentará cirurgias "ao vivo", com inovações

Durante o evento serão realizadas seis cirurgias ao vivo

publicidade

De 15 e 16 de março, acontece, no Hotel Sheraton, em São Paulo, o 20º Simpósio Internacional de Cirurgia Plástica, o maior e mais importante evento da categoria na América Latina. Será presidido pelo médico gaúcho, Dr. Carlos Uebel, professor de cirurgia plástica do Hospital São Lucas (PUCRS), diretor internacional da Sociedade Internacional de Cirurgia Plástica e Estética (Isaps) e referência mundial da técnica  de implante capilar fio a fio. As inscrições podem ser feitas pelo site www.simposiointernacional.com.br.

De acordo com Carlos Uebel, durante o evento serão realizadas seis cirurgias ao vivo, que demonstrarão as novidades tecnológicas do setor para mais de mil cirurgiões plásticos nacionais e internacionais. “Este será o maior intercâmbio científico da cirurgia plástica em toda América Latina”, afirma.

Cirurgiões renomados do Exterior 

Papas do bisturi de todo o mundo já confirmaram presença no evento. Da Colômbia, os doutores Boris Henríquez González e Francisco Vilegas. Da Argentina, os cirurgiões Guillermo Blugerman, Jorge Herrera, Luis Heredia e Raul Banegas. Da França, a presença confirmada do Dr. Henry Delmar.  Dos EUA, o Dr. Patrick Sullivan. O Canadá será representado pelo Dr. Giancarlo McEvenue.  E o Dr. Ramon Vila Rovira trará as maiores novidades utilizadas na Espanha, assim como farão o chileno Dr. Stefan Danilla e o turco Dr. Suleyman Tas.

Aumento de mama lidera ranking no Brasil 

Uebel observa, ainda, que o Brasil já ultrapassou o número de 100 mil cirurgias estéticas por mês e que os dez procedimentos mais procurados pelos brasileiros são:  

1. Aumento de mama 15,6%
2. Lipoaspiração 14,6%
3. Cirurgia das Pálpebras 12,5%
4. Rinoplastia 8,1%
5. Abdominoplastia 7,5%
6. Elevação do Seio 1%
7. Enxerto de Gordura - Face 5,6%
8. Redução de Mama 4,5%
9. Facelift 4,3%
10. Aumento de nádegas - transferência de gordura 3,1%

Os procedimentos não-cirúrgicos mais populares continuam a ser injetáveis com a toxina botulínica no top trend dos procedimentos. Foram , aproximadamente, 5 milhões no total, o que representa um aumento de 1% em relação ao ano anterior.
A cirurgia estética menos popular em 2017 foi o a de Contorno Facial, que teve a maior queda nos números, -11%.

Os procedimentos cosméticos que mais cresceram foram:
1. Labioplastia e Rejuvenescimento Vaginal - aumento de 23%
2. Lift corporal - um aumento de 22%
3. Aumento das nádegas, implantes - aumento de 18%
4. Aumento de nádegas usando transferência de gordura - aumento de 12%
5. Lift das nádegas - um aumento de 17%