Correio do Povo | Notícias | PUCRS perde o maestro Frederico Gerling Junior

Porto Alegre

26ºC

Ver a previsão completa

Porto Alegre, quinta-feira, 24 de Janeiro de 2019

  • 16/11/2010
  • 10:51
  • Atualização: 10:58

PUCRS perde o maestro Frederico Gerling Junior

Sepultamento ocorre às 17h no Cemitério Parque Jardim da Paz, em Porto Alegre

PUCRS perde o maestro Frederico Gerling Junior  | Foto: Camila Domingues / CP

PUCRS perde o maestro Frederico Gerling Junior | Foto: Camila Domingues / CP

  • Comentários
  • Correio do Povo

Faleceu na noite dessa segunda-feira o maestro Frederico Gerling Junior, regente titular do Coral e da Orquestra Filarmônica da PUCRS. O velório está sendo realizado no Salão Nobre do Cemitério Parque Jardim da Paz (estrada João de Oliveira Remião, 1347), em Porto Alegre. O sepultamento será realizado nesta terça-feira às 17h. Gerling Junior atuou na universidade por mais de 35 anos.

Nascido no ano de 1925 em Jaraguá do Sul, região Norte de Santa Catarina, era pai dos também músicos Gilia e Fredi Gerling. Quando jovem, seus pais desejavam que ele se tornasse médico, mas aos nove anos ele descobriu que o seu verdadeiro talento era a música, que ele sempre considerou uma dádiva divina, aproximando criatura e criador.

A família mudou-se para Curitiba onde, aos 13 anos, Gerling estreou num coral de igreja. Aos 17 regia o coral Carlos Gomes, em São Paulo, iniciando seus estudos musicais. Na década de 40 cursou o Conservatório Villa Lobos, no Rio de Janeiro. Sua incursão pelo Brasil não parou por aí. Foi diretor artístico e regente da Sociedade Lírica de Pernambuco, diretor de produção da TV Canal 2, em Recife, chefe do setor de ópera do Teatro Guaíra, em Curitiba, do qual também foi diretor artístico. Lá fundou o Coral Sinfônico do Paraná e regeu a primeira ópera realizada com o acompanhamento da Orquestra Sinfônica do Paraná, Fausto, em 1985.

Na década de 70 mudou-se para Porto Alegre, onde fundou o Liceu Riograndense de Artes Líricas e a Associação Lírica Porto-Alegrense, com a qual realizou diversas montagens independentes de óperas, além de algumas temporadas oficiais da Secretaria de Estado da Cultura do Rio Grande do Sul.

Em busca de aperfeiçoamento, cursou Pedagogia e especializações em Psicodinâmica, Psicotécnico e Orientação Educacional. Em 1973, ingressou na PUCRS como diretor artístico do então Centro de Cultura Musical, onde iniciou suas atividades regendo o Coral da PUCRS. Em 2004 ajudou a Universidade a dar um grande passo na consolidação de suas ações culturais, criando a Orquestra Filarmônica da PUCRS.

O maestro Frederico Gerling Junior compôs a Cantata Rei dos Reis; Stabat Mater; Missa Breve; Dois Poemas ao Sol; Te Deum e o hino Eu Quisera Andar com Cristo. Entre os diversos prêmios que recebeu, reconhecendo sua importância para o desenvolvimento da cultura, destacam-se o de Gaúcho Honorário, recebido em 1994; a Medalha João Simões Lopes Neto, concedida em 1996 pelo Conselho Estadual de Cultura do Rio Grande do Sul; o Título de Cidadão Honorário de Porto Alegre, recebido em 2003, e a Comenda Ordem do Ponche Verde, agraciada, em 2006, pelo então governador gaúcho Germano Rigotto.

Bookmark and Share


TAGS »