Porto Alegre

16ºC

Ver a previsão completa

Porto Alegre, terça-feira, 23 de Maio de 2017

  • 17/08/2011
  • 18:33
  • Atualização: 19:01

Exposição no Gasômetro celebra os 50 anos da Legalidade

Espaço foi montado a partir do acervo do jornal Correio do Povo

Mostra gratuita poderá ser visitada até o dia 25 de setembro no espaço cultural da Usina do Gasômetro | Foto: Alexandre Munhoz / Divulgação PMPA / CP

Mostra gratuita poderá ser visitada até o dia 25 de setembro no espaço cultural da Usina do Gasômetro | Foto: Alexandre Munhoz / Divulgação PMPA / CP

  • Comentários
  • Correio do Povo

Em comemoração aos 50 anos do Movimento da Legalidade, liderado por Leonel Brizola em 1961, será inaugurada nesta quinta-feira a exposição "Legalidade, 50" no térreo do Centro Cultural do Gasômetro (av. João Goulart, 551). A mostra gratuita poderá ser visitada até o dia 25 de setembro, de terça a sexta-feira, das 9h às 21h. Sábados e domingos o horário é das 10h às 21h.

• Em site especial, confira imagens e áudios do Movimento da Legalidade

• Participe da promoção Eu Na Legalidade

O prefeito José Fortunati participa da abertura do evento, que ocorre às 18h30 e contará com apresentação musical de Norberto Baudalf, além de shows com Drika Carvalho e Edu Coelho. O grafiteiro “Trampo” irá apresentar uma performance no local. Às 19h, o jornalista e escritor Juremir Machado da Silva profere palestra aos professores de história da rede municipal de ensino.

Legalidade, 50

Montada a partir do acervo do jornal Correio do Povo, a proposta temática da exposição ocupa todo o térreo da Usina do Gasômetro, dividindo-se em duas alas: a Oeste (Palaciana) e a Leste (Direitos Humanos). Na ala Oeste, a história da Legalidade e de Leonel Brizola; na ala Leste, a Legalidade no Brasil, na América Latina e no mundo. Ao todo, sete ambientes compõem a exposição.

Na entrada do Centro Cultural, um gigantesco painel grafitado foi montado pelo artista Erick com a imagem de Leonel Brizola carregando sua metralhadora e Jango sorrindo. A intenção é permitir ao público compreender e contextualizar o período histórico e cultural em que aconteceu o movimento.

Bookmark and Share