Porto Alegre

18ºC

Ver a previsão completa

Porto Alegre, sábado, 25 de Novembro de 2017

  • 25/09/2013
  • 12:26
  • Atualização: 12:39

Sem VJs, MTV estreia nova programação em 1º de outubro

Cantor Supla será protagonista de um reality show na emissora

Em reality show, 14 mulheres confinadas em uma casa disputam o amor de Supla | Foto: Tarsila Pereira / CP Memória

Em reality show, 14 mulheres confinadas em uma casa disputam o amor de Supla | Foto: Tarsila Pereira / CP Memória

  • Comentários
  • AE

Com o anúncio da nova programação da MTV, que entra no ar no próximo dia 1º, às 21h30min, chegaram ao fim as especulações sobre o futuro da emissora após sua devolução pelo Grupo Abril à Viacom (detentora da marca). A programação terá apenas 1h30min de conteúdo nacional diário.

A grade vai misturar enlatados norte-americanos já exibidos no passado - como o reality show "Catfish" e a novelinha adolescente "Awkward". "A ideia foi juntar o que a MTV produz de melhor no mundo e mesclar com as 350 horas de conteúdo brasileiro anual. Depois da MTV norte-americana, teremos a maior quantidade de conteúdo local produzida por uma MTV", garante Tiago Worcman, vice-presidente de conteúdo e programação da emissora.

Outra novidade é que saíram do ar os VJs - apresentadores de videoclipes que fizeram a fama da emissora nosanos 1990 - e entraram em cena os músicos Fiuk e Supla. Ao filho de Fábio Jr ficou reservado o "Coletivation", programa diário de atualidades coestrelado pelo comediante Patrick Maia. A atração abre a nova grade da MTV na próxima terça-feira.

"Está sendo uma novidade poder falar sobre questões atuais, como preconceitos que estão no nosso dia-a-dia. É o máximo da liberdade de expressão", comemora o astro adolescente. E Fiuk já começa com o pé direito, umavez que a cantora americana Demi Lovato vem a São Paulo no dia 7 de outubro para gravar uma participação especial no programa comandado por ele.

Já Supla emplacou o reality show "Papito in Love", onde 14 mulheres confinadas em uma casa disputam o amor do intérprete de "Garota de Berlim". Sua governanta Conceição, a ex-namorada Maria Eugênia e o melhor amigo Edgar formarão o júri. "Pode ser que eu arrume uma namorada, mesmo. Umas lá não têm a menor condição. Outras, gostam de falar de política, de se expor. Eu gosto desse tipo de mulher também", confessa Supla.

Acústico e VMB

A continuidade de antigos sucessos produzidos na antiga gestão da MTV, porém, ainda está envolta em mistérios. É o caso, por exemplo, do Video Music Brasil (VMB). Apesar de a emissora divulgar que exibirá as versões americana, europeia e até japonesa da premiação, pouco se sabe sobre a volta do "clipe de ouro" nacional."Estamos avaliando se teremos um VMB do jeito que era antigamente, ou se iremos ampliá-lo. Mas a ideia é termos um evento grande como este, sim", entrega Worcman.

Outro produto temporariamente suspenso são os acústicos, que, segundo o vice-presidente de conteúdo, dependem de acordos comerciais com as grandes gravadoras. "Também estamos negociando com o Grupo Abril a exibiçãode todo o acervo produzido por eles nessas últimas duas décadas", adianta Worcman.

Rádio na TV

Nem tudo será novidade na nova MTV. Os apresentadores Deco Neves e Lucas Stegmann, do "MTV Sports", foram os únicos profissionais aproveitados da antiga gestão. No novo formato do programa, três equipes disputarão uma viagem para Los Angeles em competições de skate, MMA e surf. As participações dos esportistas Mineirinho, Vitor Belfort e Carlos Burle estão garantidas.

Haverá, ainda, espaço para teledramaturgia com a série de humor "Copa do Caos", que narrará a trajetória dedois argentinos recém-chegados ao Brasil para acompanhar a Copa do Mundo. O radialista Felipe Xavier, responsável por programas de humor como "Chuchu-Beleza" e "Sobrinhos do Ataíde" assume a adaptação da animação adulta "Família do Zaralho".

E, por fim, o canal exibirá com exclusividade a série "Vampire Diaries" (até então, da Warner Channel) e as inéditas "The Tomorrow People", "The 100" e "The Originals". "A MTV não é mais para mim, mas para esta geração de 15 a 30 anos. São jovens multiplataformas, que consomem tevê como consomem tablet e celular", sentencia Worcman.

Bookmark and Share


TAGS » Variedades, TV