Correio do Povo

Porto Alegre, 21 de Setembro de 2014


Porto Alegre
Agora
16ºC
Amanhã
14º 24º


Faça sua Busca


Arte & Agenda > Variedades > Gente

ImprimirImprimir EnviarEnviar por e-mail Fale com a redaçãoFale com a redação Letra Diminuir letra Aumentar Letra

23/04/2014 20:41 - Atualizado em 23/04/2014 20:44

Lupita Nyong´O é eleita a mais bela do mundo pela revista 'People'

Atriz recebeu o Oscar de melhor atriz em março pela atuação em "12 Anos de Escravidão"

Lupita Nyong´O nasceu no México<br /><b>Crédito: </b> Frederic J. Brown / AFP / CP
Lupita Nyong´O nasceu no México
Crédito: Frederic J. Brown / AFP / CP
Lupita Nyong´O nasceu no México
Crédito: Frederic J. Brown / AFP / CP

A atriz de "12 Anos de Escravidão" Lupita Nyongo'O selou o status de superestrela ao ser eleita nesta quarta-feira a mulher mais bela do mundo pela revista "People", após receber o Oscar de melhor atriz em março.

"Seu talento a fez ganhar um Oscar, mas foram sua beleza singular e personalidade radiante que cativaram o mundo", afirma a revista, que divulga anualmente uma lista das 50 personalidades mais belas do mundo.

Lupita, nascida há 31 anos no México, em uma família queniana, vive um grande momento. Sua estreia no cinema, interpretando a escrava "Patsey" em "12 Anos de Escravidão", tornou-a uma das atrizes de maior projeção.

Ela também se destacou em cada uma de suas aparições deslumbrantes no tapete vermelho, que serviram para que mostrasse um pouco mais de sua personalidade.

"A beleza era o que eu via na televisão: pele clara, cabelo longo, liso e volumoso. Inconscientemente, comecei a apreciar mais essas características do que as minhas", contou a atriz.

Um dia, quando fazia compras, ouviu uma menina dizer à mãe: "Olha, ela está bronzeada!", lembrou a atriz, rindo. "A mãe ficou sem graça, mas esta é a beleza das crianças. Abriu meus olhos para a possibilidade de o mundo me ver de outra forma e para eu me sentir à vontade em minha própria pele." Desde então, Lupita vive em paz com seu corpo e se dedica ao esporte, à ioga e à boa alimentação. "Tem partes do meu corpo que me incomodam, mas não quero mudá-las. Fazem com que eu mantenha o controle", comentou a atriz.

Suas aparições no tapete vermelho são sempre envoltas em elegância e simplicidade, seguindo a premissa "menos é mais" da lendária estilista francesa Coco Chanel.

A atriz desfilou todas as cores, formas e texturas imagináveis nos 65 tapetes vermelhos em que pisou na última temporada de premiações, de setembro a março.

Bookmark and Share


Fonte: AFP






O que você deseja fazer?


Busca

EDIÇÕES ANTERIORES

Acervo de 09 de Junho de 1997 a 30 de Setembro de 2012. Para visualizar edições a partir de 1 de Outubro de 2012, acesse a Versão Digital do Correio do Povo. No menu, acesse “Opções” e clique em “Edições Anteriores”.