Porto Alegre, quinta-feira, 30 de Outubro de 2014

  • 23/04/2014
  • 22:20

CRL homenageia entidades e personalidades do Livro

Nova diretoria também foi anunciada em evento na Capital

Designer gráfico, capista, empresário e editor Marco Cena assumiu presidência da CRL no biênio 2014 e 2015 | Foto: Divulgação / CP

Designer gráfico, capista, empresário e editor Marco Cena assumiu presidência da CRL no biênio 2014 e 2015 | Foto: Divulgação / CP

  • Comentários
  • Vera Pinto / Correio do Povo

A Câmara Riograndense do Livro (CRL) apresentou na noite desta quarta-feira sua nova diretoria no biênio 2014/2015, presidida por Marco Cena e efetuou a premiação da Semana do Livro. A premiação ocorreu no dia Dia Mundial do Livro e do Direito do Autor, em cerimônia no Santander Cultural, Com apresentação musical do grupo Upa, foram laureadas pessoas e
entidades que em 2013 se destacaram como Biblioteca do Ano, Amigos e Personalidade do Livro. E entregues trofeus a quem trabalha na área por 25, 35 e 50 anos, na cerimônia que contou com a presença de autoridades, como o vice-prefeito de Porto Alegre, Sebastião Melo, representando o prefeito, José Fortunati; o secretário Municipal de Cultura e ex-
presidente da CRL, Roque Jacoby; o presidente da Associação Gaúcha dos Escritores (AGE), Caio Ritter e a diretora da Biblitoeca Pública do Estado, Morgana Marcon, entre outras figuras da comunidade cultural.
 
“Ao livro eu devo tudo o que sou: meus sonhos e meus caminhos. Se algum dia fizer uma biografia não autorizada, será dedicada a ele”, disse Cena. O designer gráfico e editor discorreu sobre os planos que as pessoas fazem no primeiro dia do ano, que nunca conseguiu cumprir, adotando como hábito a escolha de uma palavra como guia, para acompanhá-la no decorrer do ano. Brincou que em 2010 elegeu o trabalho e 'quase morreu trabalhando' e em 2011 veio o ócio. "Em 2014 a palavra 'trabalho' me veio novamente à mente e o que me veio com força foi a palavra 'respeito': à CRL, aos seus
associados, funcionários e executivos, assim como quem ocupou o cargo que estou ocupando", acrescentou, mencionando que o 'respeito1 virá depois.

O Centro Cultural Ceee Erico Verissimo; o Instituto Estadual do Livro (IEL); Odisseia de Literatura Fantástica; Aliança Francesa; Fórum Gaúcho pela Melhoria das Bibliotecas Escolares e Públicas; o ministro da Educação, Henrique Paim e a e Biblioteca Pública Municipal de Tapera foram os homenageados. Para Laís Chaffe, diretora do IEL, o prêmio “mostra o
trabalho de uma instituição que está completando 60 anos, no Dia do Livro, em que estamos cansadíssimos, mas felizes e realizados”, afirmou. A escritora e roteirista se se referiu às ações da data, quando sua equipe realizou uma maratona do projeto Autor Presente, em encontros de 27 autores gaúchos em escolas, presídios, bibliotecas comunitárias, hospitais, asilos e territórios da paz. Feliz por ver o ilustrador de seu primeiro livro, "Não é Difícil Compreender os ETs", tomar posse na CRL, Laís creditou ao IEL o papel de inventivador da literatura de qualidade, tanto preservando a memória, como abrindo espaço para novos nomes: "muitos que estamos publicando talvez sejam os grandes nomes da literatura de
amanhã", finaliza.

Bookmark and Share