Porto Alegre, sexta-feira, 31 de Outubro de 2014

  • 25/03/2012
  • 15:23

"Não temos babás e enfermeiras no Beira-Rio", diz Fernandão sobre caso Jô

Diretor do Inter celebrou boa condição física para escalação de titulares

Fernandão projeta jogos contra Santos e Juan Aurich, pela Libertadores | Foto: Fabiano do Amaral / CP

Fernandão projeta jogos contra Santos e Juan Aurich, pela Libertadores | Foto: Fabiano do Amaral / CP

  • Comentários
  • Correio do Povo e Rádio Guaíba

Decepcionado com o sumiço de Jô antes da partida contra o The Strongest, na última segunda-feira, o diretor de futebol do Inter, Fernandão, comentou a situação do atleta neste domingo, pouco antes do confronto entre o Colorado e o São José, pelo Gauchão. Segundo o dirigente, a obrigação de todos os atletas é ser profissional e querer buscar títulos. "Não temos babás e enfermeiras no Beira-Rio. O jogador que for contratado não pode achar que o Beira-Rio é um spa. Nós cobramos porque a camisa do Inter é muito grande", disse em entrevista à Rádio Guaíba.

"Acredito que o lado pessoal do atleta precisa estar de acordo com a vida profissional. Não vamos ficar cuidando de todo mundo, mas cada um tem o amigo que quer", resumiu Fernandão. O dirigente disse que conversou com Jô e recebeu do centroavante a garantia de que ele irá se recuperar para reconquistar o seu espaço no grupo.

Neste domingo, o Inter terá um time recheado de titulares contra o São José. Para Fernandão, a escalação da equipe principal não é motivo de preocupação para a comissão técnica. "Viemos de uma viagem desgastante da Bolívia, mas todos os jogadores já estão bem. Hoje, a nossa condição física é muito melhor e, por isso, o tempo de recuperação já não é tão longo", explicou. 


Bookmark and Share


TAGS » Inter, Futebol, Esporte