Correio do Povo

Porto Alegre, 16 de Abril de 2014


Porto Alegre
Agora
17ºC
Amanhã
18º 29º


Faça sua Busca


Esportes > Futebol > Grêmio

ImprimirImprimir EnviarEnviar por e-mail Fale com a redaçãoFale com a redação Letra Diminuir letra Aumentar Letra

08/12/2013 19:41 - Atualizado em 08/12/2013 19:42

Renato desconversa sobre renovação: "Presidente tem meu telefone"

Técnico disse que cumpriu dever no Grêmio e agora vai “curtir férias”

Técnico disse que cumpriu dever no Grêmio e agora vai curtir férias<br /><b>Crédito: </b> Daniel Vorley/Frame/Folhapress/CP
Técnico disse que cumpriu dever no Grêmio e agora vai curtir férias
Crédito: Daniel Vorley/Frame/Folhapress/CP
Técnico disse que cumpriu dever no Grêmio e agora vai curtir férias
Crédito: Daniel Vorley/Frame/Folhapress/CP

Com a vice-liderança no Brasileirão, o Grêmio garantiu neste domingo a classificação direta à Copa Libertadores. Após o empate em 0 a 0 com a Portuguesa, o técnico Renato Portaluppi desconversou sobre a sua permanência no Tricolor. Ele disse apenas que está feliz com o desempenho da equipe e que vai aproveitar as férias agora.

“Qualquer coisa, o presidente tem o meu telefone. Eu estou muito tranquilo. Converso com a diretoria sempre e o mais importava era colocar o Grêmio na Libertadores. Fiz a minha parte”, comentou o treinador. “Cumprimos com o nosso dever e vou curtir as minhas férias”, acrescentou.

Com 65 pontos, o Tricolor foi o vice-campeão do Brasileiro. O comandante gremista elogiou o seu grupo e campanha. “A campanha foi maravilhosa. Não é fácil conquistar o segundo lugar do Campeonato Brasileiro. O Grêmio ficou 24 ou 25 rodadas no G4. Se tinha algum clube que merecia uma vaga na Libertadores era o nosso.”

Embora tenha se negado a falar sobre a renovação, Renato admitiu que a equipe precisa se preparar desde já para tentar o tri da Libertadores. “Os clubes já estão correndo atrás, buscando reforços, essas coisas todas. Temos que ver isso também, mas estou tranquilo”, observou.

Questionado sobre os salários atrasados no Grêmio, o treinador ressaltou o empenho do time apesar das dificuldades: “Isso mostra a entrega dentro de campo da equipe. É uma coisa normal o clube atrasar um ou outro mês, não deveria, mas acontece. E mesmo com isso, a gente não deixou de trabalhar”.

Bookmark and Share

Fonte: Correio do Povo e Rádio Guaíba







O que você deseja fazer?


Busca

EDIÇÕES ANTERIORES

Acervo de 09 de Junho de 1997 a 30 de Setembro de 2012. Para visualizar edições a partir de 1 de Outubro de 2012, acesse a Versão Digital do Correio do Povo. No menu, acesse “Opções” e clique em “Edições Anteriores”.