Correio do Povo

Porto Alegre, 17 de Abril de 2014


Porto Alegre
Agora
18ºC
Amanhã
19º 29º


Faça sua Busca


Esportes > Futebol > Grêmio

ImprimirImprimir EnviarEnviar por e-mail Fale com a redaçãoFale com a redação Letra Diminuir letra Aumentar Letra

13/12/2013 00:21 - Atualizado em 13/12/2013 12:16

Grupo do Grêmio "é o mais forte", define Fábio Koff

Rui Costa destacou chance de aumentar mobilização contra grandes adversários na Libertadores

Presidente Fábio Koff e executivo de Futebol Rui Costa assistiram ao sorteio<br /><b>Crédito: </b> Grêmio FBPA/Divulgação/CP
Presidente Fábio Koff e executivo de Futebol Rui Costa assistiram ao sorteio
Crédito: Grêmio FBPA/Divulgação/CP
Presidente Fábio Koff e executivo de Futebol Rui Costa assistiram ao sorteio
Crédito: Grêmio FBPA/Divulgação/CP

A direção do Grêmio reconheceu o grande desafio que vai encarar na Libertadores 2014. Depois do sorteio, nesta quinta-feira, o presidente, Fábio Koff, destacou os grandes times que compõe a chave gremista. "É o grupo mais forte. Uma chave equilibrada”, salientou. Os confrontos de alto nível, contra Newell's Old Boys, Atlético Nacional e, possivelmente, Nacional do Uruguai, podem ser favoráveis ao Grêmio, entretanto, na opinião do Executivo de Futebol, Rui Costa. “O desafio vai ser grande, são todas grandes equipes, mas é bom, pois vamos desde cedo nos mobilizando”, declarou.

Esta será a primeira vez que o Grêmio enfrentará o Newell´s Old Boys na Copa Libertadores. A equipe de Rosário já disputou a final da competição em 1988, perdendo para o Nacional (URU) e em 1992, sendo derrotado pelo São Paulo. No ano passado, os argentinos terminaram na terceira colocação.

O Tricolor também vai encontrar um velho conhecido, o Atlético Nacional, ou Nacional de Medellín, adversário na decisão de 1995, celebrada pelo bicampeonato da Libertadores. Os colombianos foram campeões em 1989 ao vencer o Olimpia nas penalidades máximas. Foi o primeiro título colombiano na história da competição.

Contra o Nacional do Uruguai, o Tricolor já jogou na Libertadores de 1998, ganhando a fase de oitavas de final; e na edição de 2002, passando nas quartas de final. Também em 2002, o Grêmio enfrentou o Oriente Petrolero na fase de grupos vencendo as duas partidas.



Bookmark and Share


Fonte: Correio do Povo







O que você deseja fazer?


Busca

EDIÇÕES ANTERIORES

Acervo de 09 de Junho de 1997 a 30 de Setembro de 2012. Para visualizar edições a partir de 1 de Outubro de 2012, acesse a Versão Digital do Correio do Povo. No menu, acesse “Opções” e clique em “Edições Anteriores”.