Correio do Povo

Porto Alegre, 24 de Abril de 2014


Porto Alegre
Agora
17ºC
Amanhã
12º 22º


Faça sua Busca


Esportes

ImprimirImprimir EnviarEnviar por e-mail Fale com a redaçãoFale com a redação Letra Diminuir letra Aumentar Letra

29/12/2013 08:27 - Atualizado em 29/12/2013 11:30

Anderson Silva sofre grave lesão e Chris Weidman mantém cinturão do UFC

Brasileiro fraturou a perna esquerda após tentar chute baixo no rival

Brasileiro fraturou a perna esquerda após tentar chute baixo no rival<br /><b>Crédito: </b> Youtube / Reprodução / CP
Brasileiro fraturou a perna esquerda após tentar chute baixo no rival
Crédito: Youtube / Reprodução / CP
Brasileiro fraturou a perna esquerda após tentar chute baixo no rival
Crédito: Youtube / Reprodução / CP

O público brasileiro esperou longos 174 dias para que Anderson Silva tivesse a chance de fazer a revanche com Chris Weidman e recuperasse o cinturão dos médios do UFC. Mas o resultado foi uma nova derrota. Apesar da postura mais séria, diferentemente do primeiro duelo, Spider não conseguiu trazer o título de volta para o Brasil e acabou derrota pelo americano. E o revés veio da pior forma possível: após um chute baixo no americano, Spider quebrou a perna esquerda. A imagem da perna de Anderson se quebrando é chocante.

O combate foi bem diferente do primeiro. Logo no início, Weidman conseguiu levar e manter o confronto no chão, colocando uma forte pressão no brasileiro e o deixando em posição difícil nos primeiros cinco minutos. No segundo assalto, o brasileiro conseguiu manter a luta em pé, ia bem na disputa, mas por uma infelicidade sofreu uma grave lesão na perna esquerda. Ao tentar atacar o oponente com um chute baixo, a canela esquerda do Spider fraturou-se. No momento exato da lesão, o árbitro interrompeu o confronto e declarou a vitória do americano.

"Primeiramente, queria dizer que não importa o que acontecesse hoje, ele ainda é o melhor de todos os tempos. Deus o abençoe"  disse Weidman, ainda no octógono. "Essa foi a primeira coisa que tive que estudar e trabalhar, ele faz isso muito bem. Os chutes dele machucam bastante. Uma das coisas que vinha trabalhando era a defesa de chutes. Não esperava quebrar a perna dele. Vou relaxar um pouco agora mas vai ser um grande teste (enfrentar Belfort)", afirmou o campeão dos médios, logo após o combate, em entrevista ao canal Combate.

Foi a 11ª vitória de Chris Weidman em sua carreira invicta de 11 lutas no MMA. Depois de vencer Anderson Silva pela segunda vez, o americano deve ter como próximo adversário Vitor Belfort, que já foi confirmado por Dana White como o próximo desafiante da categoria.

A luta

1º Round: O duelo começou com muito estudo e os dois lutadores se movimentando. Na primeira oportunidade, Weidman buscou a derrubada, levou Anderson para o chão, mas o brasileiro se recuperou e se levantou. Quando o confronto foi para a luta agarrada, Chris acertou golpe que balançou e derrubou Anderson, fazendo com que a disputa chegasse perto de chegar ao fim por nocaute. Após o momento de sufoco, Spider respirou e se manteve na defensiva no chão. O fim da primeira etapa foi com o americano colocando pressão no brasileiro.

2º round: O segundo assalto começou com os dois se movimentando e esboçando alguns golpes no vazio. Até que Anderson arriscou um chute baixo com a perna esquerda e quebrou a perna com a defesa de Weidman. A imagem chocante foi a última da confronto. Spider caiu, o árbitro interrompeu a disputa e encerrou o duelo. 



Bookmark and Share




Fonte: Lancepress







O que você deseja fazer?


Busca

EDIÇÕES ANTERIORES

Acervo de 09 de Junho de 1997 a 30 de Setembro de 2012. Para visualizar edições a partir de 1 de Outubro de 2012, acesse a Versão Digital do Correio do Povo. No menu, acesse “Opções” e clique em “Edições Anteriores”.