Correio do Povo

Porto Alegre, 24 de Abril de 2014


Porto Alegre
Agora
14ºC
Amanhã
11º 22º


Faça sua Busca


Esportes > Fórmula 1

ImprimirImprimir EnviarEnviar por e-mail Fale com a redaçãoFale com a redação Letra Diminuir letra Aumentar Letra

31/12/2013 09:06 - Atualizado em 31/12/2013 09:22

Após nova cirurgia, Shumacher apresenta "leve melhora"

Médicos retiraram hematoma do cérebro do ex-piloto da Fórmula 1

Médicos retiraram hematoma do cérebro do ex-piloto da F-1 <br /><b>Crédito: </b> Philippe Desmazes / AFP / CP
Médicos retiraram hematoma do cérebro do ex-piloto da F-1
Crédito: Philippe Desmazes / AFP / CP
Médicos retiraram hematoma do cérebro do ex-piloto da F-1
Crédito: Philippe Desmazes / AFP / CP

Michael Schumacher permanece internado em estado crítico no Hospital Universitário de Grenoble, mas apresentou sinais de melhora em relação ao quadro clínico que apresentava na segunda-feira. Os médicos apontaram um quadro de estabilidade das atividades cerebrais, o que permitiu uma nova intervenção cirúrgica ocorrida na noite de ontem. "Ela serviu para retirar um hematoma no lado esquerdo do cérebro e diminuir a pressão intracraniana. Isto está acontecendo, mas ainda existem lesões cerebrais que necessitam cuidado", afirmou o neurocirurgião Emmanuel Gay nesta terça-feira.

O anestesista-chefe Jean-François Payen manteve a mesma linha e não fez nenhum prognóstico sobre a evolução do quadro. "Não dá para dizer que ele está fora de perigo. Mas ganhamos tempo. As próximas horas serão cruciais para o que vai acontecer. A situação ainda é crítica, mas não é a mesma de ontem. Porém, não podemos falar nada sobre o futuro ainda. Não podemos prever em que estado ele estará quando acordar."

O doutor Gerard Saillant, amigo pessoal de Schumacher e que acompanha como observador o trabalho da junta de médicos, manteve a mesma linha de cautela: "O jogo ainda não está ganho. Estava preocupado ontem, continuo preocupado hoje. Seu quadro estabilizou mas precisamos ser realistas e a família está consciente que sua situação é delicada."

O heptacampeão permanece no hospital mantido em coma artificial e em estado de hipotermia, medidas que visam justamente acelerar seu processo de recuperação.

Michael Schumacher sofreu um grave acidente no domingo enquanto esquiava em uma montanha em Méribel, nos Alpes franceses. O ex-piloto, de 44 anos, estava numa área fora da pista da estação e, ao cair, bateu a cabeça contra uma pedra. Schumacher usava capacete e estava acompanhado do filho de 14 anos. Em um primeiro momento, ele foi transferido de helicóptero ao hospital de Moutiers, uma pequena cidade da região dos Alpes, mas posteriormente foi levado ao centro médico de Grenoble.

Bookmark and Share


Fonte: Lancepress







O que você deseja fazer?


Busca

EDIÇÕES ANTERIORES

Acervo de 09 de Junho de 1997 a 30 de Setembro de 2012. Para visualizar edições a partir de 1 de Outubro de 2012, acesse a Versão Digital do Correio do Povo. No menu, acesse “Opções” e clique em “Edições Anteriores”.