Correio do Povo

Porto Alegre, 21 de Abril de 2014


Porto Alegre
Agora
16ºC
Amanhã
16º 24º


Faça sua Busca


Esportes > Fórmula 1

ImprimirImprimir EnviarEnviar por e-mail Fale com a redaçãoFale com a redação Letra Diminuir letra Aumentar Letra

31/12/2013 16:37 - Atualizado em 31/12/2013 16:52

Assessora diz que capacete de Schumacher se partiu em dois

Sabine Kehm garantiu que heptacampeão de F1 não esquiava em alta velocidade quando caiu

Fãs do piloto fazem vigilia em frente ao hospital de Grenóble<br /><b>Crédito: </b> Philippe Desmazes/AFP/CP
Fãs do piloto fazem vigilia em frente ao hospital de Grenóble
Crédito: Philippe Desmazes/AFP/CP
Fãs do piloto fazem vigilia em frente ao hospital de Grenóble
Crédito: Philippe Desmazes/AFP/CP

A assessora de imprensa do heptacampeão de Fórmula 1 Michael Schumacher, Sabine Kehm, afirmou nesta terça-feira que o acidente de esqui sofrido pelo piloto não esteve relacionado a velocidade excessiva. De acordo com a porta voz, a grave lesão encefálica foi resultado de uma série de circunstâncias infelizes. Ela também revelou os danos causados pelo impacto da cabeça do piloto com uma pedra: "Aparentemente, seu capacete se partiu em dois".

"Isso não significa que Michael esquiava em alta velocidade. Ele não ia rápido", garantiu Sabine durante coletiva no hospital de Grenoble (sudeste da França), onde o alemão está internado. "Ele bateu em uma curva quando tentava ajudar um amigo. Ele fez uma manobra normal para uma curva", insistiu, antes de acrescentar que este tipo de acidente poderia ter acontecido a 50 km/h ou 10 km/h.

A assessoria do piloto também revelou que um homem vestido como padre, supostamente um jornalista, tentou se aproximar de Schumacher no hospital. Ao ser questionada se o padre impostor era um jornalista, ela respondeu: "Foi o que me disseram. Nós percebemos que as pessoas estão tentando ir além da sala de imprensa aqui na clínica. É revoltante, na minha opinião".

Schumacher está em coma desde domingo, quando foi levado de helicóptero para o hospital depois de cair durante um passeio de esqui em Méribel com o filho de 14 anos. Os médicos informaram, nesta terça-feira, que o maior campeão da história da F1 passou por uma segunda cirurgia para diminuir a pressão no cérebro e teve uma leve melhora, mas permanece em estado crítico.


Bookmark and Share

Fonte: AFP







O que você deseja fazer?


Busca

EDIÇÕES ANTERIORES

Acervo de 09 de Junho de 1997 a 30 de Setembro de 2012. Para visualizar edições a partir de 1 de Outubro de 2012, acesse a Versão Digital do Correio do Povo. No menu, acesse “Opções” e clique em “Edições Anteriores”.