Porto Alegre, domingo, 26 de Outubro de 2014

  • 03/01/2014
  • 18:56
  • Atualização: 19:16

Câmera do capacete de Schumacher é apreendida por investigadores

Alemão usava equipamento quando se acidentou em pista de esqui na França

 Fãs da Ferraria realizaram uma manifestação silenciosa em frente ao hospital | Foto: Philippe Desmazes / AFP / CP

Fãs da Ferraria realizaram uma manifestação silenciosa em frente ao hospital | Foto: Philippe Desmazes / AFP / CP

  • Comentários
  • AFP

Uma câmera fixada no capacete que Michael Schumacher usava no momento de seu acidente de esqui foi apreendida pelos investigadores franceses que se ocupam do caso. O filho do heptacampeão mundial de Fórmula 1, que se encontra em coma desde domingo em um hospital de Grenoble, e um de seus amigos, que esquiavam junto ao piloto no momento do acidente, foram interrogados pelos investigadores, segundo a mesma fonte.

A porta-voz do piloto e uma fonte ligada à investigação informaram que esse capacete havia se partido em dois por causa do acidente, mas até agora se ignorava a existência de uma câmera. A data da apreensão não foi informada.

Nesta sexta-feira, Schumacher completou 45 anos de idade. Fãs da Ferraria – escuderia pela qual o piloto alemão conquistou cinco títulos da F1 – realizaram uma manifestação silenciosa em frente ao hospital em que ele está internado. A Ferrari disponibilizou para os torcedores de toda a Itália 20 ônibus.

Desde quarta-feira não foram divulgadas informações sobre o estado de saúde do alemão, quando a situação foi considerada "crítica, mas estável". No hospital, Schumacher está acompanhado pela esposa Corinna, o pai Rolf e o irmão Ralph.

Bookmark and Share