Porto Alegre, sexta-feira, 31 de Outubro de 2014

  • 05/01/2014
  • 17:00
  • Atualização: 17:03

“É o maior que já vi”, diz Blatter sobre atraso do Brasil nas obras da Copa

Presidente da Fifa afirmou que País começou tarde demais a se preparar para a Mundial

Presidente da Fifa avalia que Brasil começou tarde demais a se preparar | Foto: Gerard Julien / AFP / CP

Presidente da Fifa avalia que Brasil começou tarde demais a se preparar | Foto: Gerard Julien / AFP / CP

  • Comentários
  • AFP

O presidente da Fifa, Joseph Blatter, afirmou em entrevista à imprensa suíça neste domingo que o Brasil é o país com mais atrasos nas obras de uma Copa do Mundo desde que ele entrou na entidade, em 1975. O mandatário ainda disse que os brasileiros começaram tarde demais a se preparar para o Mundial.

"O Brasil acabou de se dar conta que começou tarde demais. É o país com mais atrasos desde que estou na Fifa e foi o que teve mais tempo, sete anos, para se preparar", explicou o dirigente em declarações publicadas neste fim de semana no jornal suíço 24 Horas.

Blatter também falou da possibilidade de manifestações públicas no Brasil durante o Mundial atrapalharem o andamento da competição, mas afirmou não acreditar que os brasileiros "atacariam o futebol", um esporte que amam.

"Não tenho medo. Sabemos que teremos manifestações, protestos. As últimas, durante a Copa das Confederações, nasceram nas redes sociais. Não tinham um objetivo concreto, nem uma reivindicação autêntica, mas durante o Mundial é possível que tenhamos algumas mais concretas, mais estruturadas", declarou. "O futebol estará protegido, acredito que os brasileiros não atacariam ao futebol diretamente. Para eles, é uma religião", completou.

A Copa do Mundo de 2014 será disputada no Brasil entre os dias 12 de junho e 13 de julho. Durante a Copa das Confederações, em junho de 2013, o país se viu sacudido por uma onde de protestos, principalmente contra o alto custo do organização do Mundial para os cofres públicos.

Bookmark and Share