Porto Alegre, segunda-feira, 20 de Outubro de 2014

  • 07/01/2014
  • 10:14
  • Atualização: 10:40

Esposa de Schumacher pede para imprensa deixar médicos e família em paz

Estado de saúde do piloto alemão teve uma leve melhora nessa segunda

Estado de saúde do piloto alemão teve uma leve melhora nessa segunda | Foto: Philippe Desmazes / AFP / CP

Estado de saúde do piloto alemão teve uma leve melhora nessa segunda | Foto: Philippe Desmazes / AFP / CP

  • Comentários
  • AFP

A esposa do ex-campeão alemão da Fórmula 1 Michael Schumacher, hospitalizado em estado grave depois de um acidente de esqui nos Alpes franceses em 29 de dezembro, pediu nesta terça-feira para que a imprensa deixe os médicos e a família em paz. "É importante para mim que não incomodem os médicos e o hospital para que possam trabalhar em paz (...) Por favor, deixem nossa família em paz", escreveu Corinna Schumacher, em uma declaração enviada aos meios de comunicação. "Confiem, por favor, nas declarações dos médicos e deixem a clínica", insistiu. "Por favor, demonstrem seu apoio a nós em nosso combate comum por Michael".

O estado de saúde de Michael Schumacher, em coma desde o acidente de esqui, teve "uma pequena melhora", indicou na segunda-feira uma pessoa próxima ao maior campeão do mundo de F1. O piloto bateu com a cabeça em uma pedra ao cair entre duas pistas. Ele está internado no hospital CHU de Grenoble. A promotoria e os agentes franceses que investigam o acidente anunciaram uma coletiva de imprensa para quarta-feira no palácio de justiça de Albertville.

Além disso, uma fonte ligada ao caso informou nesta terça-feira que a câmera do capacete de Schumacher está funcionando e que as imagens são claras. "É um documento importante", declarou a fonte, sem indicar, no entanto, se as imagens poderiam ajudar a esclarecer as circunstâncias da queda. A câmera foi entregue às autoridades pela família do piloto alemão.


TAGS » Esporte, Fórmula 1