Correio do Povo

Porto Alegre, 29 de Julho de 2014


Porto Alegre
Agora
10ºC
Amanhã
13º 24º


Faça sua Busca


Esportes > Futebol > Copa do Mundo

ImprimirImprimir EnviarEnviar por e-mail Fale com a redaçãoFale com a redação Letra Diminuir letra Aumentar Letra

07/01/2014 13:11 - Atualizado em 07/01/2014 13:26

Após acordo com Equador, Viamão buscará apoio do governo gaúcho

Prefeito informou que seleção deve ser primeira a chegar ao Brasil para a Copa

Seleção do Equador ficará em Viamão durante o Mundial<br /><b>Crédito: </b> Mike Stobe / AFP
Seleção do Equador ficará em Viamão durante o Mundial
Crédito: Mike Stobe / AFP
Seleção do Equador ficará em Viamão durante o Mundial
Crédito: Mike Stobe / AFP

O prefeito de Viamão, Valdir Bonatto, comemorou o acordo para receber a seleção do Equador no período de preparação e disputa da Copa do Mundo deste ano. Ele vê a presença da delegação de uma equipe que disputará o Mundial como uma grande oportunidade para que o município ganhe projeção e possa alavancar investimentos futuros. Bonatto buscará apoio junto ao governo do Estado para levantar verbas para as ações que envolvem o recebimento da seleção equatoriana.

“Para nós vai ser fantástico. Trabalhamos desde o começo do ano passado juntamente com o Vila Ventura com essa possibilidade de receber uma seleção no nosso município e vamos aproveitar o momento da Copa para alavancar algumas questões de desenvolvimento da cidade. Há questão de 20 dias, a gente vem discutindo essa possibilidade (vinda do Equador). No próximo dia 14 está prevista a chegada da comissão equatoriana para acertar os últimos ajustes e no dia seguinte acontecer cerimônia. Será uma grande festa”, declarou ao Correio do Povo.

A cerimônia de oficialização do acordo irá acontecer no próximo dia 15. Estão confirmadas as presenças do presidente Federação Equatoriana de Futebol (FEF), Luis Chiriboga Acosta, e do treinador da seleção, Reinaldo Rueda. Valdir Bonatto destaca que vai buscar junto ao governo do Estado viabilizar a vinda do presidente do Equador, Rafael Corrêa, na solenidade.

O prefeito de Viamão revelou que tem reunião marcada com o governador do Estado em exercício, Beto Grill, na tarde desta terça-feira onde irá buscar apoio para levantar verbas para o financiamento das ações que envolvem a presença da seleção no município. O Equador receberá um incentivo financeiro para ficar em Viamão durante o Mundial. Bonatto, no entanto, não divulgou o valor investido pela prefeitura em um acordo que envolve a iniciativa privada.

“Vila Ventura tinha esse projeto de receber uma seleção e, desde que assumimos o governo no começo do ano passado, ficamos à disposição. Tem o suporte financeiro nosso, do Vila Ventura e de uma empresa. É uma questão de investimento. É um momento ímpar da história do Brasil com a Copa do Mundo e Viamão estar dentro desse mapa”, declarou o prefeito.

Detalhes da vinda do Equador para o Estado ainda serão discutidos até a assinatura do contrato. Valdir Bonatto ressaltou que o objetivo é de que a seleção equatoriana seja a primeira a chegar ao Brasil para se preparar para a Copa do Mundo.

O Equador realizará um amistoso provavelmente contra uma equipe do interior do Estado como preparação para a Copa do Mundo. No acordo, está previsto que o jogo deve ser realizado em um estádio com capacidade mínima para 10 mil pessoas, o que impede que seja em Viamão. Com isso, será feita uma parceria para que outro município da Região Metropolitana sedie a partida. Contatos iniciais já foram feitos com a prefeitura de Gravataí.

Bookmark and Share

Fonte: Correio do Povo






O que você deseja fazer?


Busca

EDIÇÕES ANTERIORES

Acervo de 09 de Junho de 1997 a 30 de Setembro de 2012. Para visualizar edições a partir de 1 de Outubro de 2012, acesse a Versão Digital do Correio do Povo. No menu, acesse “Opções” e clique em “Edições Anteriores”.