Correio do Povo

Porto Alegre, 2 de Setembro de 2014


Porto Alegre
Agora
15ºC
Amanhã
14º 22º


Faça sua Busca


Esportes > Futebol > Grêmio

ImprimirImprimir EnviarEnviar por e-mail Fale com a redaçãoFale com a redação Letra Diminuir letra Aumentar Letra

19/01/2014 18:59 - Atualizado em 19/01/2014 19:44

Grêmio B estreia no Gauchão com derrota para o São José

Garotos não suportaram o forte calor e perderam por 1 a 0 no Passo D'Areia

Grêmio B estreia o Gauchão com derrota para o São José
Crédito: Lucas Uebel / Grêmio / CP

Os garotos do Grêmio não suportaram o forte calor do verão porto-alegrense e estrearam o Campeonato Gaúcho com derrota, na tarde deste domingo. Antes da partida, o gramado sintético do Passo D'Areia estava acima dos 60ºC, conforme a Rádio Guaíba. Mais experiente, o São José soube administrar a partida e venceu o time B do Tricolor por 1 a 0.

A temperatura era tão alta que até uma bacia de gelo foi improvisada para os jogadores refrescarem os pés. No final, o lateral Tinga reclamou de bolhas e mal conseguia andar em campo. Pela segunda rodada do torneio estadual, o Grêmio encara a Lajeadense na próxima quinta-feira, às 19h30min, na Arena.

Zequinha começa melhor e abre o placar

Acostumado com o gramado sintético do Passo D'Areia, o São José começou a partida com mais ímpeto e ditando o ritmo da partida. Já no minuto inicial, Brida avançou pela esquerda e tocou para Eraldo, que deixou o marcador para trás e depois caiu na área. O time da casa pediu pênalti, mas o juiz mandou seguir.

Apesar da superioridade em campo, o Zequinha criava poucas chances. Os dois times adotaram a estratégia de trocar muitos passes, até para evitar o cansaço. O Grêmio assustou o adversário pela primeira vez somente aos 12 minutos. Mamute entrou na área, se chocou com o marcador e ficou no chão. Novamente o árbitro mandou seguir. No lance seguinte, Bindé cobrou o escanteio e Eraldo, de cabeça, quase abriu o placar para o São José.

Aos 17 minutos ocorreu a primeira parada técnica da partida. O tempo de descanso e hidratação melhorou o confronto. Na volta, Everaldo passou por dois no fundo de campo e cruzou a bola para trás. Mamute chegou alguns milésimos atrasado e perdeu a chance de fazer o gol do Grêmio. A oportunidade animou os tricolores. Logo em seguida, de novo Everaldo girou sobre a marcação e lançou Breno na esquerda. O lateral dominou e concluiu com força, perto do gol.

Os donos da casa, porém, não demoraram para responder. Aos 32, após cruzamento na área, o goleiro Follmann saiu atrapalhado e o Zequinha conseguiu uma bola alçada na marca do pênalti. Sem goleiro, Guedes testou no canto, mas Moisés salvou o Grêmio, ao tirar a bola em cima da linha.

No lance seguinte não deu para a defesa gremista. Após cruzamento, Canavesio não alcançou a bola, que ficou com Jean. Ele mandou um foguete, sem chance para Follmann. Golaço. Após, a velocidade caiu e, no final, Eraldo podia ampliar, mas perdeu o tempo da pelota e a zaga do Tricolor afastou.

Tricolor pressiona no segundo tempo, mas cansa

Embora com o mesmo time, o Grêmio voltou melhor para o segundo tempo. Logo no início, Breno se livrou bonito da marcação pela esquerda e bateu rasante. A pelota passou a alguns dedos do travessão. Aos 7, o meia Luan saiu da esquerda, se livrou dos marcadores, tabelou com Mamute e arrematou no ângulo. O goleiro Luiz Carlos pulou com precisão para tapear a bola. No escanteio, Canavesio ainda testou próximo do gol.

O São José entrou na etapa final apenas para administrar o confronto. A primeira tentativa foi apenas com 18 minutos, quando Jonas passou para Franciel, que concluiu de longe. Follmann agarrou com tranquilidade. Na sequência, Éverton ajeitou a bola na meia esquerda e quase conseguiu o empate. No entanto, o camisa 1 do Zequinha fez mais uma boa defesa.

O Grêmio foi cansando e o São José aproveitou para envolver o adversário. O lateral Tinga chegou a reclamar na beirada do campo de bolhas no pé, mas o técnico Marcelo Mabília já havia feito as três substituições. Aos 34, Felipe Guedes subiu sozinho no cruzamento e quase fez 2 a 0.

Com 35 minutos, o Zequinha percebeu o sofrimento de Tinga e apertou na lateral. O jogador gremista perdeu a bola atrás, Jean avançou em direção à área e rolou a bola para Felipe Guedes meter perto da meta. No final, Ângelo desperdiçou a última chance de igualar o placar. O atacante recebeu na área, cortou o zagueiro, mas errou na hora da conclusão e tentou novo drible. No arremate, o chute acabou indo para fora.

Campeonato Gaúcho - 1ª rodada

São José 1
Luiz Carlos; Bindé, Fernando, Júlio Santos e Brida; Jonas, Ramos, Rafinha (Chiquinho) e Guedes; Jean e Eraldo (Franciel). Técnico: Beto Campos.

Grêmio 0
Follmann; Tinga, Thyere, Canavesio e Breno; Mises, Matheus Biteco (Guilherme Amorim), Jeferson e Luan; Yuri Mamute (Everton) e Everaldo (Ângelo). Técnico: Mabília.

Gol: Jean (33min/1ºT).
Cartões amarelos: Jonas, Rafinha, Felipe Guedes (SJ).

Árbitro: Luís Teixeira Rocha.
Local: Estádio Passo D'Areia

Bookmark and Share

     Ouça o áudio: Gol do São José


Fonte: Laion Espíndula / Correio do Povo






O que você deseja fazer?


Busca

EDIÇÕES ANTERIORES

Acervo de 09 de Junho de 1997 a 30 de Setembro de 2012. Para visualizar edições a partir de 1 de Outubro de 2012, acesse a Versão Digital do Correio do Povo. No menu, acesse “Opções” e clique em “Edições Anteriores”.